Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Não sou um evasor fiscal’, afirma Maradona

Roma, 24 mar (EFE).- O ex-jogador argentino Diego Armando Maradona disse não sentir-se um ‘evasor fiscal’ em entrevista publicada neste sábado no jornal esportivo italiano ‘La Gazzetta dello Sport’.

Maradona, de 52 anos, e atual treinador do Al-Wasl de Dubai, tem pendente uma dívida de 40 milhões de euros com o Fisco italiano, que remonta à sua época de jogador do Napoli (1984-1991), devido à falta de pagamento do imposto de pessoa física.

‘Não sou um evasor fiscal. Odeio os evasores fiscais e por isso esta situação é duplamente amarga para mim. Tenho a meu favor uma sentença de 1994 que diz que não devo nada e não entendo quem mudou agora as cartas sobre a mesa’, disse o campeão da Copa do Mundo de 1986.

Maradona já afirmou em meados deste mês que seus problemas com a Fazenda italiana foram por culpa de ‘algum dirigente do Napoli que não o avisou a tempo’, pois quando lhe foi exigido o pagamento já fazia seis meses que não estava na Itália.

Na tentativa de recuperar esta dívida, a Guarda de Finanças (polícia financeira italiana) já confiscou de Maradona um par de brincos que usava enquanto esteve internado em um spa da Itália e que foram leiloados em 2010 por 25 mil euros.

O patrimônio do jogador esteve administrado entre 1986 e outubro de 1990 por seu ex-agente Guillermo Cóppola.

Maradona lamentou ser o único acusado pelas autoridades fiscais italianas, e observou com amargura como ‘Cóppola entra e sai da Itália sem problemas’.

‘Eu só quero retornar a Nápoles, como se diz, pela porta da frente’, declarou à ‘La Gazzetta dello Sport’.

Na entrevista ao jornal italiano, o lendário jogador argentino também comentou a qualidade do futebol e elogiou principalmente seu compatriota Lionel Messi, jogador do Barcelona, de quem destacou sua ‘velocidade de pensamento’.

Além disso, o ex-técnico da seleção argentina também reservou palavras de carinho para seu genro e atacante do Manchester City, Sergio Agüero, a quem situou entre os dez melhores jogadores do mundo. EFE