Clique e assine com até 92% de desconto

‘Não queria ter de pegar a Ponte nas quartas’, diz Tite

Por Da Redação 15 abr 2012, 19h53

Por AE

Campinas – Mesmo atuando com os reservas, o Corinthians venceu a Ponte Preta por 1 a 0 e terminou a primeira fase do Campeonato Paulista na liderança. Com isso, a equipe enfrentará nas quartas de final a própria Ponte, no Pacaembu, no final de semana que vem. Apesar de ter vencido neste domingo sem os titulares, o técnico Tite negou que o time do Parque São Jorge terá facilidade no confronto e admitiu que preferia enfrentar outro adversário.

“Se fosse para optar por um adversário, não queria a Ponte Preta, pela qualidade técnica individual que tem. Por exemplo, eles tem o Lauro como goleiro reserva, que foi comigo campeão da Sul-americana (com o Internacional, em 2008) ganhando do Boca lá e ele jogando muito. Tem o Roger, que me ajudou muito no Palmeiras (em 2007). Tem o Cajá, tem o Enrico, que foi meu jogador no Atlético-MG (em 2006). Sei da qualidade e da estruturação que o (técnico Gilson) Kleina tem lá. Temos consciência disso”, comentou, em entrevista ao SporTV.

Com tantos jogadores poupados neste domingo, Tite relacionou o chinês Zizao para a partida. O meia-atacante, no entanto, não entrou e, após a partida, o treinador explicou esta decisão. “Pela responsabilidade e o senso de justiça que eu tenho. Sei do lado do carisma que ele tem, mas tenho que ser justo porque o Matheus, o Felipe, o Willian Arão, o Giovanni construíram suas trajetórias. E ele ainda não tem uma sequência de trabalho. Eu até precipitei a vinda dele agora. Ele talvez não tenha feito nenhum trabalho de campo ampliado depois que machucou o braço”, declarou.

Entre os que foram titulares neste domingo, está o meia Douglas. Ele atuou durante os 90 minutos, deu bons passes e avaliou ter feito sua melhor partida neste retorno ao Corinthians. “Estou treinando forte para melhorar e fazer boas atuações nas partidas, mesmo me faltando ritmo às vezes. Acho que hoje (domingo) foi minha melhor partida desde que voltei ao Corinthians, me movimentei bem e dei dinâmica ao jogo”, afirmou.

Continua após a publicidade
Publicidade