Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

‘Não podemos mais empatar’, diz Deivid no Flamengo

Por Da Redação - 25 out 2011, 10h04

Por AE

Rio – Autor do gol do Flamengo no empate por 1 a 1 com o Santos, no último domingo, no Engenhão, Deivid afirmou que o time carioca não pode mais pensar em empates se quiser sonhar com a conquista do título brasileiro de 2011. O atacante agora mira o confronto com o Grêmio, no próximo domingo, em Porto Alegre, no qual espera que a equipe inicie uma série de bons resultados.

“Teremos um jogo-chave contra o Grêmio. Não podemos mais empatar. Contra o Santos, o nosso objetivo era os três pontos, que nos deixariam mais perto do líder. Temos de ter uma boa sequência para conseguirmos o título”, afirmou Deivid, que vinha sendo criticado por suas atuações anteriores e comemorou o fato de ter voltado a atuar bem no jogo diante dos santistas.

“Fico feliz de estar recebendo os elogios, ter feito um gol, um bom jogo. Espero agora poder dar sequência, atuar sempre bem e seguir ajudando o time”, enfatizou o jogador, que aposta em uma reta de chegada vitoriosa do Flamengo nas sete rodadas finais do Brasileirão.

Publicidade

“O Flamengo tem muito isso de se deixar chegar… Pegam 2009 como exemplo, que teve uma grande arrancada. O jogo agora é no Olímpico e sabemos que não será mole. Jogo complicado”, prevê o atacante, lembrando da conquista do título do Brasileirão há dois anos, quando a equipe carioca se sagrou campeã após alcançar uma sequência de bons resultados nas últimas partidas da competição.

Publicidade