Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Não há mais pressão aqui do que em outro lugar’, afirma Vettel

O alemão Sebastian Vettel (Red Bull), que pode se sagrar pela segunda vez consecutiva campeão do Mundial de Fórmula 1 no Grande Prêmio de Cingapura, que será disputado no domingo, minimizou a importância dessa possibilidade, ressaltando nesta quinta-feira que não se sente pressionado.

“Sempre há pressão sobre mim e sobre nós, porque queremos fazer o melhor possível neste final de semana. Há uma possibilidade de vencer, queremos aproveitá-la”, mas “não sinto mais pressão para tentar conquistar o Mundial aqui do que em qualquer outro lugar”, comentou Vettel.

“O objetivo é manter o título, não vencer em Cingapura ou em outro lugar. A corrida é tão importante como as outras para vencer o Mundial”, disse.

“Sempre se disse que deveremos, que poderemos (vencer), mas até agora não ganhamos nada. Resta tempo até a bandeirada. Isto me lembra um pouco o ano passado, quando as pessoas vinham me dizer como seria” o Mundial, contou o alemão.

“O objetivo é melhorar nosso rendimento”, insistiu Vettel, atual campeão do Mundial de Fórmula 1.

Com 284 pontos na classificação, Vettel será campeão se, após a corrida de Cingapura, conseguir uma vantagem de 125 pontos em relação ao segundo colocado, o espanhol Fernando Alonso (Ferrari).

Vettel tem 112 pontos de vantagem sobre Alonso, e 177 em relação aos dois terceiros do Mundial, o australiano Mark Webber (Red Bull) e o britânico Jenson Button (McLaren).

Vettel deve marcar pelo menos 13 pontos a mais do que Alonso em Cingapura, e 8 a mais do que Button e Webber.