Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

‘Não conseguia respirar’, diz vítima de joelhada do Spider

Stephan Bonnar se disse 'espantado' com a força do golpe de Anderson Silva

Por Da Redação 18 out 2012, 10h09

A vitória contra Stephan Bonnar na madrugada deste domingo no UFC 153, no Rio de Janeiro, foi a segunda consecutiva que o campeão Anderson Silva decidiu com uma joelhada. Antes disso, ele acertou o mesmo golpe em Chael Sonnen, já caído, em julho, no UFC 148, em Las Vegas. Apesar da derrota, Bonnar aprovou sua atuação – e se disse “espantado” com a força e a precisão do golpe do brasileiro, que o deixou sem movimentos e sem reação. “Não conseguia respirar ou me mexer. Fiquei paralisado, esperando conseguiu um pouco de ar para respirar. A sensação durou uma eternidade, mas o árbitro parou a luta”, disse o lutador ao site americano MMA Fighting.

Anderson Silva vence Stephan Bonnar no UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca
Anderson Silva vence Stephan Bonnar no UFC Rio 3, na HSBC Arena, na Barra da Tijuca VEJA

A última vítima de Anderson elogiou o campeão. “O jeito que ele posicionou o joelho, todo o movimento… Sim, há uma parte de mim que fica impressionada com ele.” Aos 35 anos e a caminho da aposentadoria, Stephan Bonnar pode ganhar uma luta de despedida dos organizadores do UFC. Especula-se que ele poderá reeditar a final do primeiro reality show The Ultimate Fighter, em 2003, e enfrentar, mais uma vez, o rival Forrest Griffin, que lutaria contra Chael Sonnen no UFC 155. Sonnen foi confirmado para a 17ª edição do TUF, contra Jon Jones. Bonnar e Griffin já lutaram duas vezes (a segunda foi em 2006, e Griffin venceu as duas por decisão unânime dos juízes).

Leia também:

Imbatível, Anderson Silva ainda tem recordes para quebrar

Continua após a publicidade

Os doze trabalhos do ‘Hércules’ Anderson Silva no UFC

Após sucesso no Rio, o UFC já planeja os próximos shows

Dana White promete confronto Anderson x Jon Jones

Vaias para Galvão Bueno na arena – e no áudio da Globo

Continua após a publicidade

Publicidade