Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nadal vê Espanha forte mesmo sem ele e Ferrer

Principais nomes da quinta conquista espanhola na Copa Davis, Rafael Nadal e David Ferrer não devem jogar a edição do ano que vem. O segundo do ranking já confirmou sua ausência, pois quer se concentrar na disputa dos Jogos Olímpicos. A tendência é que o número cinco do mundo siga pelo mesmo caminho.

‘A Espanha não se acaba sem Ferrer e eu. Temos boa quantidade de jogadores estupendos: Feliciano López, Fernando Verdasco, Nicolas Almagro, Marcel Granollers, Tommy Robredo, Juan Carlos Ferrero, Albert Montañes e outros mais’, lembrou, citando os oito melhores espanhóis do ranking atrás de Ferrer, exceto Pablo Andujar.

Ano que vem, Nadal quer se concentrar em disputar os quatro torneios de Grand Slam (Roland Garros, Austrália, Estados Unidos e Wimbledon), além das Olimpíadas de Londres, que serão realizadas no All England Club, sede do aberto britânico.

‘Minha prioridade sempre é ser competitivo em todos os torneios que disputo. Os Jogos Olímpicos e os quatro Grand Slams são aqueles que me dão mais felicidade de participar e por isso são os mais importantes’, destacou.

O primeiro duelo da Espanha na próxima edição da Davis será contra o Cazaquistão, de Mikhail Kukushkin (91 ) e Andrey Golubev (147 ). ‘A primeira eliminatória é importante, pois uma vitória nos garante no Grupo Mundial. Vamos enfrentar o Cazaquistão em casa e seremos favoritos, independente de quem jogar’, encerrou.