Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Nadal, campeão e cada vez mais perto de ser o número 1

Grande temporada do espanhol deverá ser coroada com liderança do ranking

Por Da Redação 10 set 2013, 10h42

Rafael Nadal realizou mais uma façanha em sua espetacular temporada de retorno às quadras, na noite de segunda-feira, ao bater Novak Djokovic por 3 sets a 1 e conquistar o título do US Open. Para completar, o espanhol está cada vez mais próximo de alcançar o sérvio na liderança do ranking mundial. Encerrado o último Grand Slam da temporada, ele está apenas 120 pontos atrás do atual número 1 do mundo. A pontuação dos dois tenistas foi atualizada depois da decisão em Nova York e o ranking traz Nadal com 10.860 pontos, contra 10.980 de Djokovic, enquanto a terceira posição continua sendo ocupada pelo britânico Andy Murray, bem distante dos dois primeiros colocados, com 7.060 ao total. É grande a chance de Nadal terminar o ano como melhor tenista do planeta.

Depois da final do US Open, Djokovic reconheceu que Nadal está próximo de voltar a liderar o ranking mundial, até porque o sérvio ainda precisará defender muitos pontos nesta temporada – no ano passado, foi campeão do ATP 500 de Pequim e do Masters 1.000 de Xangai enquanto Nadal estava afastado das quadras por lesão. “Hoje sou o número 1, mas ele tem mais chances de terminar o ano em primeiro”, reconheceu Djokovic. O espanhol David Ferrer e o checo Tomas Berdych continuam em quarto e quinto lugar, respectivamente. O suíço Roger Federer saltou do sétimo para o sexto lugar, ultrapassando o argentino Juan Martín del Potro. Os franceses Jo-Wilfried Tsonga e Richard Gasquet e o suíço Stanislas Wawrinka completam, nesta ordem, o “top 10”.

As duas principais novidades do “top 20” foram o espanhol Tommy Robredo e o russo Mikhail Youzhny, que entraram no grupo de elite por causa das boas campanhas que realizaram no US Open. O tenista da Espanha surpreendeu ao eliminar Federer em Nova York e pulou da 22ª para a 19ª posição, enquanto o jogador da Rússia galgou quatro postos e passou a ocupar o 20º lugar da ATP. Assim como Robredo, Youzhny chegou às quartas de final do Grand Slam americano. Já o brasileiro Thomaz Bellucci, mesmo atravessando péssima fase, subiu duas posições nesta atualização do ranking e agora ocupa o 116º lugar. O tenista número 1 do país está apenas dois postos à frente de João Souza, o Feijão, que subiu mais três colocações. Já Rogério Dutra Silva, arrasado por Nadal nesta edição do US Open, saltou sete e agora é o tenista 127 do mundo.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade