Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nadal atropela Ferrer e garante vaga na final de Roland Garros

Em busca de se tornar o maior vencedor da história de Roland Garros, Rafael Nadal deu mais uma passo importante no saibro francês nesta sexta-feira. Com desempenho arrasador, o espanhol superou seu compatriota David Ferrer em sets diretos, com parciais de 6/2, 6/2 e 6/1, e garantiu um lugar na final da competição.

Atuando na quadra Philippe Chatrie, em Paris, o atual segundo colocado do ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP) não deu chances ao seu rival desde o início da partida. Nadal se impôs diante do adversário no primeiro set, não cedeu nenhuma quebra e rapidamente fechou a parcial por 6/2.

No segundo set, o atual campeão de Roland Garros manteve o domínio sobre o atual sexto melhor tenista do mundo. O espanhol quebrou o serviço de seu compatriota logo no terceiro game e, sem maiores dificuldades, abriu confortável vantagem por 4 a 1 no placar. Quando os fatos apontavam para uma vitória de Nadal na segunda parcial, a partida foi interrompida por causa da chuva na capital francesa.

Após quase 55 minutos de paralisação, o jogo recomeçou com erros consecutivos de Ferrer no sexto game, e Nadal, apesar de perder o ponto seguinte, soube variar bem seus golpes e fechou tranquilamente a parcial novamente por 6/2, dando números finais ao segundo set.

Assim como nas duas primeiras parciais, Nadal sobrou em quadra no terceiro set. O segundo melhor tenista da ATP não deu tranquilidade a Ferrer em nenhum momento e quebrou o saque do adversário três vezes. Com golpes potentes no fundo de quadra, Nadal controlou o jogo do adversário e garantiu um lugar na final de Roland Garros.

Na grande decisão, o espanhol, ainda sem perder sets nesta edição do torneio, mede forças com o vencedor do duelo entre o número um do mundo, Novak Djokovic, e o terceiro colocado da ATP, Roger Federer. Diante do sérvio, Nadal tem retrospecto de 18 vitórias em 32 jogos, sendo a última delas na final do Masters 1000 de Roma. Já contra o suíço, o atual número dois do mundo triunfou em 18 confrontos e perdeu em outros dez.

Hexacampeão em Roland Garros, Nadal chegou a sua 51vitória no saibro francês. Se triunfar na edição deste ano da competição, o espanhol irá superar o sueco Bjorn Borg e se tornará o maior vencedor da história deste Grand Slam.