Clique e assine a partir de 8,90/mês

Nadador Gunnar Bentz também se desculpa por falso assalto no Rio

O atleta culpou Lochte pela confusão e garantiu que não foi responsável por inventar o suposto assalto

Por Da redação - Atualizado em 20 ago 2016, 11h55 - Publicado em 20 ago 2016, 11h37

Após as desculpas de Ryan Lochte, o nadador americano Gunnar Bentz, um dos quatro a denunciar um falso assalto no Rio de Janeiro, também se retratou por seu comportamento. Em um comunicado divulgado na sexta-feira, Bentz disse estar arrependido, mas apontou seu companheiro de equipe, Lochte, como o responsável pela confusão.

“Lamento que esta situação tenha desviado a atenção dos Jogos Olímpicos, que foram incrivelmente bem organizados pelo Brasil e seus cidadãos”, disse Bentz, em uma nota divulgada pela Universidade da Geórgia, onde estuda e compete. Segundo o nadador, de 20 anos, ele foi apenas uma “testemunha” no caso e nunca um “suspeito”.

LEIA TAMBÉM:
Ryan Lochte pede desculpas por mentir sobre assalto
Lochte pode perder 32 milhões de reais em acordos publicitários

“Nunca fiz falso testemunho”, garantiu o atleta de 20 anos. “Não tenho certeza do porquê, mas, enquanto estávamos lá, Ryan atirou no chão uma placa de publicidade”, relatou Bentz, quem também afirmou que Lochte “gritou com os seguranças” e “teve uma discussão quente com eles, sem contato físico”.

Na sexta-feira, Lochte, que tornou pública a história sobre o assalto, também se desculpou por meio de um comunicado: “Quero pedir desculpas pelo meu comportamento no fim de semana passado, por não ser mais cuidadoso e sincero em minha descrição dos fatos”, escreveu.

No último domingo, após uma festa, Bentz, Lochte e os também nadadores Jack Conger e Jimmy Feigen danificaram um posto de gasolina na Barra da Tijuca e tiveram confusão com seguranças do estabelecimento, onde o quarteto, inicialmente, disse que ocorreu um assalto. A polícia abriu uma investigação por causa das versões desencontradas dos atletas e concluiu que o grupo não foi roubado.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade