Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Na volta, Wanderlei Silva perde em menos de 30 segundos

Lesões deixaram o brasileiro mais de 15 meses longe do octógono. Americano Chris Leben o derrotou. Dominick Cruz venceu a luta principal em Las Vegas

Especialistas especulavam que Tito Ortiz encerraria a carreira se perdesse de novo. Ele finalizou Ryan Bader já no primeiro round

O brasileiro Wanderlei Silva foi nocauteado pelo americano Chris Leben em menos de 30 segundos na madrugada deste domingo, no UFC 132, em Las Vegas. Após mais de quinze meses lesionado, com problemas no joelho e costela, Silva fazia sua reestreia no principal evento de artes marciais mistas do mundo. Na principal luta da noite, Dominick Cruz, dos Estados Unidos, garantiu o cinturão ao vencer seu compatriota Urijah Faber, único a derrotar o atual campeão da categoria peso-galo. Em outra luta muito aguardada pelos fãs de MMA, o ex-campeão Tito Ortiz venceu o americano Ryan Bader.

Apesar de não ser a principal, a luta de Wanderlei Silva era uma das mais esperadas pelos fãs que lotaram a MGM Grand Garden Arena. Ao som de Sandstorm, música que o acompanhou nos melhores momentos da carreira, Wanderlei estava emocionado no caminho até o octógono. Menos concentrado que seu adversário, o brasileiro não conseguiu encaixar golpes certeiros e foi traído ao tentar acertar uma joelhada. Leben aproveitou a oportunidade e venceu a luta por nocaute. Vaiado pelo público, Dominick Cruz fez uma luta equilibradíssima contra Urijah Faber – os dois lutadores insistiram em manter o combate em pé. Ao final do confronto, ambos comemoraram a vitória para tentar influenciar a decisão do juiz, mas, de forma unânime, os árbitros decidiram que Cruz continuaria com o título da categoria peso-galo. O confrontou foi considerado a principal luta da noite, e os dois atletas levaram 75.000 dólares. Outro vencedor da noite foi o americano Tito Ortiz. Antes da luta, alguns especialistas especulavam que o lutador se aposentaria caso perdesse o combate. Aos 36 anos, Ortiz, que vem de três derrotas consecutivas, levou a luta para o chão e finalizou Ryan Bader ainda no primeiro round. Além da vitória, que não acontecia desde 2006, Ortiz conquistou o título de melhor luta da noite, e levou para casa um bônus de 75.000 dólares. O UFC 132 ainda contou com outras oito lutas. Numa delas, o brasileiro Rafael dos Anjos, da categoria peso-leve, nocauteou o australiano George Sotiropoulos em menos de 1 minuto, em confronto válido pelo card preliminar.