Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Na volta ao Brinco de Ouro, Bugre desafia série invicta do Bragantino

Depois de 54 dias, o Guarani finalmente reencontrará sua torcida. Encerrada a punição de perda de cinco mandos de campo, o Bugre volta ao Brinco de Ouro nesta terça-feira para encarar o Bragantino, às 20h30 (de Brasília), pela 26rodada da Série B.

A última partida em casa foi a vitória por 1 a 0 sobre o São Caetano, em 3 de agosto. Desde então, a equipe vinha mandando seus jogos em Araraquara, a 184 km de Campinas. A suspensão do estádio alviverde deu-se por conta dos incidentes no clássico com a Ponte Preta, em 16 de julho, quando torcedores colocaram fogo em banheiros do Moisés Lucarelli. Inicialmente, a pena para cada clube foi a perda de dez mandos de campo, mas ambos conseguiram reduzí-la pela metade.

E para reestrear com o pé direito no Brinco de Ouro, os jogadores do Guarani terão uma motivação extra. Os dois meses de salários atrasados foram quitados e a paz parece ter voltado à equipe, principalmente depois da vitória fora de casa sobre o Americana, que deixou o Bugre fora da zona de rebaixamento pela segunda rodada consecutiva.

Para o duelo com o Bragantino, o técnico Giba deve manter o time no 4-4-2 que deu certo no segundo tempo da partida de terça-feira, com Denílson e Macedo de atacantes titulares. Com isso, Gabriel, Ewerton Páscoa e Aislan disputam vaga ao lado do capitão Aílson na zaga alviverde.

Uma nova vitória agora diante dos alvinegros deixará o Guarani com 33 pontos, com certa distância para a degola. Mas o Bragantino não deve facilitar. O empate com a líder Portuguesa não abalou as pretensões do Massa Bruta na competição, e embalado por uma série de sete jogos sem perder, a equipe promete ir para cima, mesmo atuando fora de casa.

‘Vai ser mais uma partida complicada. Nessa fase do campeonato não existe jogo fácil. Todos os confrontos são difíceis. Nosso objetivo não vai ser diferente. Vamos em busca dos três pontos na casa do adversário’, projeta o técnico Marcelo Veiga.

O treinador não poderá contar com o volante Mineiro, suspenso. Reinaldo e Luís Carlos lutam pela vaga no meio campo.O meia atacante Deyvid Sacconi, totalmente liberado pelo departamento médico, ainda recupera sua melhor forma física, mas pode aparecer como surpresa. Retornos garantido são os do zagueiro Luiz Carlos e do lateral direito Luís Felipe.

FICHA TÉCNICA

GUARANI X BRAGANTINO

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)

Data: 27 de setembro, terça-feira

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Cleber Wellington Abade (SP)

Assistentes: João Nobre Chaves e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP)

GUARANI: Emerson; Chiquinho, Ailson e Gabriel e João Paulo; Mika, Dadá, Renato Ribeiro e João Paulo; Macedo e Denílson

Técnico: Giba

BRAGANTINO: Gilvan; Luís Felipe, Luís Carlos e Astorga; Diego Macedo, Reinaldo, Éder Silva, Romarinho e Marcinho; Léo Jaime e Lincom

Técnico: Marcelo Veiga