Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Na lanterna, Marquinhos admite: ‘Brasileiro com reservas é puxado’

O fardo de disputar o Campeonato Brasileiro com o grupo principal voltado para a Copa Libertadores está pesado para os reservas. O time ainda não venceu na competição e ocupa a última posição da tabela, com só um ponto.

‘Falta um pouquinho de ritmo. Nós estávamos acostumados com o Paulista, e o Brasileiro é muito mais puxado, exige muito mais. É preciso pegar confiança e ritmo de jogo para o time ir se encaixando, se entrosando, e fazer partidas melhores’, diz o zagueiro Marquinhos, que será volante diante do Palmeiras, no domingo.O jovem lembra, porém, que a formação de suplentes tem nomes de destaque. ‘Falta de qualidade não é, porque temos jogadores qualificados, como é o caso do Douglas, do Liedson, do Ramon. É até difícil explicar porque não vieram os pontos que a gente tanto queria’, lamenta.

No clássico, serão três as mudanças em relação ao time que foi derrotado pela Ponte Preta no domingo passado. Antonio Carlos deixa a zaga para a entrada de Paulo André, Ramírez dá lugar a Romarinho, e Liedson toma a posição de Elton. Depois da partida em Campinas, o próprio técnico Tite admitiu que falta entrosamento ao segundo time.

Ainda sem goleiro definido – pode ser tanto Danilo Fernandes quanto Julio Cesar -, o Corinthians vai enfrentar seu arquirrival, portanto, com os seguintes dez homens de linha: Welder, Wallace, Paulo André e Ramon; Marquinhos, Willian Arão e Douglas; Romarinho, Willian e Liedson.

A partida está marcada para as 16 horas (de Brasília) de domingo, no Pacaembu. O elenco fecha a preparação na manhã deste sábado, com treino apronto no CT Joaquim Grava.