Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Na festa anual da Fifa, Brasil é – de novo – mero coadjuvante

Pelo quarto ano consecutivo, país não está na briga por troféu principal da noite

Por Da Redação 9 jan 2012, 07h55

Até mesmo o prêmio de melhor do ano entre as mulheres, que o Brasil ficou acostumado a vencer com sobras todos os anos, com Marta, está ameaçado nesta segunda

A dois anos e meio de receber a Copa do Mundo, o Brasil vive uma situação inusitada para um país com a reputação de ser a maior potência da modalidade. Na festa de gala da Fifa, nesta segunda-feira, em Zurique, os brasileiros são meros coadjuvantes. Pelo quarto ano consecutivo, não há nenhum atleta do país entre os finalistas para o prêmio de melhor jogador do ano – desde a vitória de Kaká, o craque de 2007, o Brasil está ausente da lista dos três grandes destaques da temporada. Neste ano, o prêmio deve ficar mais uma vez com Lionel Messi – o argentino deve conquistar seu terceiro troféu consecutivo. Completam a lista o espanhol Xavi e o português Cristiano Ronaldo. Se Messi confirmar seu favoritismo, o craque do Barcelona empatará com Ronaldo e Zidane, os únicos tricampeões do prêmio até hoje.

Leia também:

Leia também: o que faz do argentino Messi um dos grandes jogadores da história

o Brasil poderá conquistar um troféu de consolação

está ameaçado nesta segunda

Leia também:

Leia também: Espanha rouba lugar do Brasil como celeiro de craques do meio-campo

o país não tem nenhum protagonista nos grandes clubes europeus

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês