Clique e assine com até 92% de desconto

Na “fase do bate e sai”, Ceará se reapresenta buscando tranquilidade

Por Da Redação 1 ago 2012, 16h58

Ocupando a 13colocação e com seis pontos de distância em relação ao G-4 do Campeonato Brasileiro da Série B, o Ceará teve seu momento na competição definido pelo técnico Paulo César Gusmão: enquanto a bola ‘bate e entra’ no gol de Adílson a favor dos adversários, ela ‘bate e sai’ quando é o Vozão que está ataca

Para que a bola ‘bata e entre’ também para o time cearense, o grupo já se reapresentou na tarde desta quarta-feira, em Porangabuçu. Enquanto os titulares do empate por 1 a 1 diante do Boa Esporte realizaram apenas treino regenerativo, os reservas e não utilizados por PC participaram de uma atividade técnica no C

‘A qualidade do nosso grupo é incontestável, mas infelizmente a gente não vem mostrando isso com os resultados. Está faltando tranquilidade aos atletas. Nosso time está ficando ansioso pelas vitórias e isso vem atrapalhando, principalmente nos minutos finais, quando a gente está bem perto de conseguir o resultado positivo, mas acaba pecando em alguns detalhes’, discursou PC Gusmão, em referência ao empate cedido ao clube mineiro aos 34 minutos do segundo tempo.

Depois do empate que o mantém em 13 , o Ceará volta a campo no próximo sábado, às 16h20 (de Brasília), para enfrentar o Avaí no estádio da Ressacada. A equipe catarinense tem os mesmos 18 pontos do Vozão e PC considera a vitória fundamental: ‘É um concorrente direto e o grupo não pode bobear’.

Continua após a publicidade
Publicidade