Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Na despedida de Pet, Fla e Corinthians empatam em 1 a 1

Sérvio jogou o primeiro tempo e foi homenageado no intervalo. Também pelo Campeonato Brasileiro, o Coritiba goleou o Vasco e o Grêmio venceu o Bahia

Aos 38 anos, o sérvio Petkovic fez sua despedida dos gramados neste domingo, com uma atuação à altura da carreira que garantiu ao ‘gringo’ o posto de ídolo do clube de maior torcida no país do futebol. Foi com a braçadeira de capitão e a camisa 43, aquela do histórico gol do título carioca de 2001, que Pet jogou o primeiro tempo do empate em 1 a 1 entre Flamengo e Corinthians, no Engenhão, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Diante da falta do talento de Thiago Neves, que serve à Seleção Brasileira, e de Ronaldinho Gaúcho, que mais uma vez deixou muito a desejar dentro de campo, as poucas jogadas mais refinadas couberam a Petkovic. O repertório de lançamentos e passes precisos estava em dia.

Mas o Timão logo mostrou que pretendia estragar a festa rubro-negra. O Flamengo jogava melhor quando, aos 18 minutos do primeiro tempo, o Corinthians abriu o placar. O estreante Weldinho criou jogada pela direita e cruzou rasteiro para Willian fazer 1 a 0.

O empate veio aos 39 minutos. Quando o árbitro marcou a falta em cima de Ronaldinho Gaúcho, era inevitável imaginar se Pet teria a sorte de repetir o feito de dez anos atrás bem no dia de sua despedida. Mas, para surpresa geral, a cobrança de longa distância ficou para Renato Abreu, que chutou com perfeição. Na comemoração, o meia ganhou o abraço eufórico de Pet.

No intervalo, Pet deu uma volta olímpica no Engenhão e recebeu as devidas homenagens. Da presidente Patrícia Amorim, o sérvio recebeu uma placa comemorativa e ainda ganhou um beijo. A torcida estendeu uma bandeira, relembrando o gol de falta contra o Vasco na final do Campeonato Carioca de 2001.

No segundo tempo, Negueba substituiu Pet. E foi só. Nada de jogadas brilhantes, nem gols. Até mesmo a estreia do atacante Emerson, o Sheik, passou em branco. O jogador, demitido do Fluminense após cantar o funk “Bonde do Mengão sem freio” no ônibus do time, entrou no lugar de Jorge Henrique aos 36 minutos. Com o rresultado, as duas equipes seguem invictas no Campeonato Brasileiro. O Corinthians acumula duas vitórias e um empate, enquanto o Flamengo tem uma vitória e dois empates.

Outras partidas – A poucos dias de decidirem a Copa do Brasil, Coritiba e Vasco se enfretaram pelo Campeonato Brasileiro. Em campo, os reservas eram maioria absoluta. Mas foi um titular que roubou a cena. O atacante Anderson de Aquino, suspenso para a final de quarta-feira, marcou três vezes na goleada de 5 a 1 do Coritiba. Maranhão e Tcheco também fizeram pelo Cortiba, e Elton para o vasco.

No estádio Olímpico, o Grêmio venceu o Bahia por 2 a 0. Os gols foram marcados pelo atacante Júnior Viçosa ainda no primeiro tempo, aos 5 e aos 32 minutos.

Mais tarde, na Vila Belmiro, o Santos fez 3 a 1 no Avaí, mesmo sem a sua famosa dupla Neymar-Ganso. Os gols santistas foram dos atacantes Richely e Borges (2), enquanto o do Avaí foi marcado por Mauricio Alves.

No Estádio Morenão, em Campo Grande (MS), o Internacional derrotou o América-MG por 4 a 2. Oscar (2), D’Alessandro e Cavenaghi marcaram para os colorados. Os gols dos mineiros foram de Rodriguinho e Alessandro.

VEJA TAMBÉM: Os resultados dos jogos da terceira rodada deste fim de semana