Clique e assine a partir de 9,90/mês

Murray derrota Federer e conquista ouro

Britânico vence o número um do mundo por 3 a 0 e faz a festa da torcida

Por Da Redação - 5 ago 2012, 12h46

O britânico Andy Murray surpreendeu o suíço Roger Federer e conquistou neste domingo a medalha de ouro por 3 sets a 0, com parciais de 6-2, 6-1 e 6-4. Desde 1936 um tenista britânico não se sagrava campeão nas quadras do All England Club. Em Olimpíadas, o jejum era ainda maior: 104 anos, ou desde 1908, quando os Jogos também foram disputados em Londres.

A partida foi uma reedição da decisão do torneio de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada no circuito profissional, mas teve um desfecho mais feliz para o público local. Há quatro semanas, na mesma quadra, Federer, número 1 no raking de tênis, havia batido Murray, o número 4, por 3 sets a 1.

Com a vitória, Murray frustrou a expectativa de Federer obter o Career Golden Slam (os quatro Grand Slams do circuito profissional e o ouro nos Jogos) e se juntar a uma lista que conta apenas com o americano André Agassi e o espanhol Rafael Nadal.

Com esse ouro, a Grã-Bretanha acumula 34 medalhas nos Jogos que sedia, sendo 16 ouros.

Continua após a publicidade

(Com Agência EFE)

Publicidade