Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muricy volta ao São Paulo amargando 54% de risco de cair

Técnico tricampeão brasileiro reassume nesta terça e comanda time na quinta

“Se eu participasse dessa enquete, também votaria no nome dele, porque é um treinador vencedor”, disse Autuori sobre Muricy

Começa nesta terça-feira a terceira passagem do técnico Muricy Ramalho pelo São Paulo. Contratado para substituir Paulo Autuori – que chegou a dizer que Muricy era o nome ideal para o lugar de Ney Franco, na última troca de treinador do clube -, ele recebe um time em posição delicada, com alto risco de rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. De acordo com o matemático Tristão Garcia, o São Paulo tem 54% de chances de cair – hoje, é o antepenúltimo colocado da competição e somou apenas dezoito pontos nas dezenove primeiras rodadas. Só Ponte Preta (75%) e Náutico (97%) estão mais ameaçados.

Auxiliar de Telê Santana na primeira metade da década de 1990 (quando inclusive dirigiu o time na conquista da Copa Conmebol de 1994), Muricy consolidou seu nome na história do São Paulo ao conquistar o tricampeonato brasileiro, entre 2006 e 2008. Quatro anos mais tarde, ele retorna ao clube com um desafio novo em sua carreira. Com apenas um turno pela frente, ele não lutará por título, mas sim para melhorar os números da equipe e evitar que o clube se junte aos outros grandes que já passaram pela segunda divisão. O São Paulo não vence há dois jogos, desperdiçou seus últimos quatro pênaltis, já perdeu seis partidas como mandante e tem o segundo pior ataque do Brasileirão, com apenas 17 gols.

Para alguns, essas estatísticas poderiam ser outras se, em vez de Autuori, Muricy tivesse substituído Ney Franco. “O Muricy fez uma grande obra aqui. Não é fácil ganhar o Campeonato Brasileiro três vezes seguidas. Se eu participasse dessa enquete, também votaria no nome dele, porque é um treinador vencedor”, disse o próprio Autuori, dois meses atrás, ao ser questionado sobre a preferência da torcida por Muricy – que na época tinha seu nome gritado a cada jogo no Morumbi. A estreia de Muricy será às 21 horas (de Brasília) de quinta-feira, contra a Ponte Preta, em casa. Por causa do retorno do treinador, o São Paulo espera grande público no estádio no importante compromisso desta semana.

(Com agência Gazeta Press)