Clique e assine a partir de 9,90/mês

Muricy se irrita com perguntas e diz que Santos não merecia derrota

Por Da Redação - 31 jul 2011, 21h59

Após mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, o técnico Muricy Ramalho se mostrou bastante irritado na entrevista coletiva nos vestiários da Arena da Baixada. Sem paciência com as perguntas de alguns repórteres sobre a partida contra o Atlético-PR, na noite deste domingo, o treinador saiu em defesa de sua equipe.

Para Muricy, o seu time foi injustiçado com a derrota para o Furacão. ‘O Santos não merecia perder. A nossa equipe foi melhor no segundo tempo. Dominamos o adversário e poderíamos ter vencido. Só que, infelizmente, nós tomamos aquele gol no final’, afirmou o comandante, referindo-se ao tento marcado pelo meia-atacante Marcinho, aos 45 minutos do segundo tempo.

Indagado sobre o segundo revés consecutivo – o primeiro foi contra o Flamengo, na última quarta-feira, na Vila Belmiro – com a equipe podendo contar com as suas maiores estrelas, no caso Elano, Paulo Henrique Ganso e Neymar, Muricy Ramalho perdeu a paciência.

O técnico retrucou o jornalista que fez o questionamento, lembrando que os alvinegros têm alguns jogadores contundidos e reforços que ainda não estrearam. ‘Eu não disse que esse era o time ideal. Você (repórter) está colocando palavras na minha boca. O que eu falei é que, no momento, é o que temos de melhor. Não adianta falar um monte de coisa porque não vai adiantar nada. Sabemos que temos cometido erros’, comentou.

Sobre os problemas de sua equipe, Muricy admitiu que está procurando encaixar a melhor formação possível após a conquista da Copa Libertadores da América. ‘Sabemos que não é normal o nosso time tomar gols como vem acontecendo. Só que nós precisamos ter um pouco de calma porque é preciso ajustar as peças. E, na hora que isso acontecer, a nossa equipe realmente vai ficar muito forte’, encerrou.

Continua após a publicidade
Publicidade