Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muricy reprova atuação e cobra melhora ‘do meio para frente’

O empate com o Botafogo, em 0 a 0, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, não deixou o técnico Muricy Ramalho satisfeito. O treinador evitou apontar os pontos fracos do time, mas reconheceu que o Santos não apresentou um futebol e que precisa evoluir, se quiser retomar o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro.

‘O jogo não foi bom e o resultado foi justo. Não jogamos bem’, resumiu Muricy, procurando pedir a torcida que entenda o momento vivido pelo time, com a saída de alguns jogadores e a ausência de Rafael, Ganso e Neymar, com a Seleção Brasileira, que irá disputar as Olimpíadas de Londres (Inglaterra).

‘É difícil estar falando, mas com certeza a gente sabe que precisa continuar trabalhando para buscar as vitórias. A cobrança é normal e existe, porque tem que ganhar sempre. Futebol é assim. Porém, nós estamos atravessando um momento de transição de elenco e precisamos de um pouco de paciência’, ponderou.

Apesar de o Peixe ter somado o seu sétimo empate na competição e ser a equipe que mais repetiu esse tipo de resultado na Série A, o treinador acredita um aspecto positivo é que os santistas estão bem encaixados defensivamente contra seus adversários. Muricy Ramalho acredita que agora o ataque precisa engrenar, para os alvinegros terem uma sequência de triunfos no Brasileirão.

‘Não tem muito segredo mesmo. O time está marcando bem, não toma gols, só que não está fazendo. É claro que o nosso problema está do meio para frente e precisamos corrigir isso. Além do Neymar, nós também perdemos três centroavantes: Alan Kardec, Renteria e Borges. Não é fácil perder tanta gente de uma hora para a outra. Estamos nos reorganizando. No entanto, vamos trabalhar duro, pois a gente tem que melhorar e voltar a vencer’, concluiu.