Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muricy : ‘quase ninguém no mundo pode ganhar do Barcelona’

O técnico do Santos, Muricy Ramalho, declarou neste domingo após a derrota da sua equipe por 4 a 0 para o Barcelona em Yokohama na final no Mundial de Clubes que “quase ninguém no mundo” era capaz de superar seu adversário da noite.

“Notamos a diferença na qualidade dos jogadores. O Barcelona é o clube número 1 do mundo, como comprovou hoje mais uma vez. Foi um jogo muito difícil para nós, mas acontece que hoje em dia, quase ninguém no mundo inteiro pode ganhar do Barcelona”, explicou o treinador, resignado após a aula de futebol que recebeu dos comandados por seu colega Josep Guardiola.

“O Barcelona enfrentou os melhores do mundo e venceu. Um dia chegará outra equipe que poderá desbancá-los, mas agora é difícil, porque estão num grande momento”, elogiou.

Muricy também afirmou que a derrota, apesar de ter sido de goleada, não deve abalar tanto o moral da equipe.

“Não terá nenhum impacto negativo. O que devemos levar em conta é o fato de termos alcançado a final”, opinou o treinador.

Ele afirmou que gostaria de voltar para o estádio de Yokohama no ano que vem, onde será disputada novamente a final do Mundial de Clubes, para finalmente conquistar esse título, um dos únicos que falta na sua vitoriosa carreira.

Muricy também comentou o duelo de craques entre seu atacante Neymar e o argentino do Barça Lionel Messi.

“Messi é sem dúvidas o melhor, ficou claro com o que vimos em campo nesta noite. Neymar ainda está aprendendo, mas Messi é o número 1. Neymar pode até se tornar o melhor no futuro, mas não é o caso agora”, completou.