Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Muricy prevê clássico estudado e faz mistério sobre escalação do Santos

Por Da Redação - 16 set 2011, 19h23

O clássico Corinthians e Santos, marcado para o próximo domingo, às 16 horas (horário de Brasília), no Pacaembu, tem mexido com o ambiente dos dois clubes durante toda a semana. Embalado, o Peixe não perde há seis jogos no Campeonato Brasileiro e desafia o líder da competição, com a possibilidade de encurtar ainda mais a distância para os primeiros colocados. Por tudo isso, o técnico santista, Muricy Ramalho, espera um clássico muito equilibrado.

Para o treinador, os dois times não devem se arriscar muito em campo. ‘Acho um pouco difícil que seja um jogo de muitos gols. As duas equipes se conhecem bem, marcam bem e não é muito provável que alguém tome um gol e se abra todo, mas pode acontecer. Porém, foi como eu disse: acho difícil que isso ocorra. Vai ser um clássico bastante estudado’, analisou Muricy.

Já em relação ao time que deve mandar a campo diante dos corintianos, o comandante do Alvinegro Praiano revelou que ainda tem algumas dúvidas a serem desfeitas. Com isso, é provável que a escalação só seja confirmada momentos antes do duelo.

‘Em relação ao time só vai dar para confirmar quem vai participar na hora do jogo mesmo. Ainda temos alguns problemas para acertar antes de definir a equipe’, comentou Muricy Ramalho, apontando a sua preocupação especialmente nos casos de Danilo e Arouca.

Publicidade

O lateral direito, a exemplo de Neymar, foi titular da Seleção Brasileira no empate com a Argentina, na última quarta, em Córdoba, no primeiro confronto do Superclássico das Américas. Porém, o maior problema de Danilo foi a viagem de volta. Após chegar ao Brasil, o jogador demorou cerca de oito horas para percorrer o trajeto de São Paulo com destino a Baixada Santista, por conta de um engavetamento de 60 veículos na Rodovia dos Imigrantes. Uma pessoa morreu neste acidente.

Enquanto isso, Arouca, recuperado de uma contusão na coxa esquerda, treinou fisicamente em separado no gramado do CT Rei Pelé. Mas como o volante não trabalhou com bola, ele dificilmente deve reunir condições de jogo contra o Timão.

‘O Danilo teve um descanso menor que o Rafael e o Neymar, que também foram para a Seleção. Com relação ao Arouca, o que pode vetá-lo é tudo: parte física e médica. Na parte técnica, faz algum tempo que ele não faz os movimentos normais de jogo. Por isso, é difícil dizer se ele vai jogar. Estamos analisando com calma. Não podemos expor o jogador’, concluiu o treinador.

Sendo assim, o mais provável é que a escalação do Santos, que segue sem os lesionados meias Elano e Paulo Henrique Ganso, seja a seguinte: Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Henrique e Ibson; Alan Kardec, Borges e Neymar.

Publicidade