Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muricy lamenta final fora da Vila, mas diz: Conheço bem o Morumbi

A decisão da Federação Paulista de Futebol em levar os dois jogos da final do Paulistão, entre Guarani e Santos, nos dois próximos domingos, para o Morumbi, dividiu opiniões no Peixe. Enquanto o presidente Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro pretendia lucrar com uma maior arrecadação, os jogadores santistas e o técnico da equipe, Muricy Ramalho, preferiam decidir o título paulista na Vila Belmiro. Apesar de lamentar a medida tomada, o treinador procurou minimizar o fato.

‘Em relação a isso, nós conversamos com a diretoria e tínhamos a opinião de que, se o Guarani jogasse a primeira no Brinco (de Ouro da Princesa), nós deveríamos atuar na Vila na volta. Seria uma coisa natural, por serem os campos dos dois times. Mas a Federação Paulista decidiu desta forma, então, nós temos que jogar lá. Vamos para o Morumbi sabendo que vamos enfrentar uma grande equipe, muito bem treinada pelo Vadão’, disse Muricy.

De fato, a escolha pelo Morumbi não deixou o comandante alvinegro satisfeito. No entanto, Muricy Ramalho acredita que foi feita uma opção para dar maior comodidade aos torcedores. ‘Com mais lugares disponíveis, você pode trazer mais sócio-torcedores. Nesse ponto, nós sabemos que o clube procura o melhor para o torcedor. Sei que é chato, pois seria legal ver o Guarani jogar no Brinco de Ouro e o Santos decidir na Vila, só que a Federação já escolheu o Morumbi como palco das decisões. Não podemos ficar nos lamentando’, comentou.

O técnico do Santos ainda destacou que, com dois confrontos em São Paulo, a torcida do Peixe deve ser maioria no estádio nas finais. ‘A vantagem é que devemos ter mais torcida nossa, afinal o Santos é um clube grande. Agora, sobre o gramado do Morumbi, eu não tenho do que reclamar. Eu conheço bem o Morumbi. Além de ser um campo grande, é excelente para jogar futebol’, encerrou.