Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muricy elogia inteligência de Neymar para escapar das faltas

A exemplo do que já havia acontecido na partida da semana passada, em Chiclayo (Peru), o Juan Aurich exerceu uma forte marcação sobre Neymar, na vitória do Santos na noite desta quinta-feira, no Pacaembu. Em alguns momentos, os peruanos exageraram na dose e protagonizaram lances mais ríspidos, com faltas duras sobre a Joia santista. Irritado com a postura do adversário, o técnico Muricy Ramalho crê que a inteligência de Neymar fez com que o atacante não se lesionasse.

O treinador alvinegro elogiou a rapidez de raciocínio do seu camisa 11 para evitar divididas mais fortes contra o Ciclón. ‘Se o Neymar não pula, quebram a perna dele. O adversário, por vezes, exagera e passa do ponto’, analisou.

Após o jogo, Neymar admitiu que havia ‘pipocado’ em alguns lances para não ser atingido mais violentamente pelos zagueiros do Juan Aurich. Paulo Henrique Ganso também sofreu com a marcação dos peruanos.

Muricy acredita que a arbitragem poderia coibir esse tipo de jogada, porém, admitiu que tradicionalmente a Copa Libertadores da América costuma ter um estilo diferente, nesse quesito.

‘Na Libertadores isso (advertência por conta das faltas) é complicado. Os árbitros apitam dessa maneira, o jogo é mais duro. Infelizmente, não dá para estar reclamando, porque isso é sempre igual. O importante é que o moleque (Neymar) está aprendendo a sair dessa marcação. Isso é muito bom’, concluiu.