Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Muricy diz que não ‘forçará’ volta de Ganso em semifinal

Por Da Redação 7 jun 2012, 12h27

Por AE

Santos – Depois de ver o Santos empatar por 1 a 1 com o Fluminense, na noite da última quarta-feira, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro, o técnico Muricy Ramalho comentou sobre a remota possibilidade de contar com a volta de Paulo Henrique Ganso já no primeiro jogo da semifinal da Copa Libertadores, contra o Corinthians, na próxima quarta, na Vila Belmiro. O meia passou por uma pequena cirurgia no joelho direito no último dia 25 de maio e vem mostrando rápida evolução em sua recuperação, mas o treinador evitou fazer previsões sobre o retorno do atleta e avisou que não “forçará” a sua volta.

“Ainda não sei quando o Ganso volta. Ele está se recuperando rapidamente e a operação foi simples. Além disso, ele resolveu se internar no CT e fazer fisioterapia três vezes por dia. Isso tem ajudado muito. Mas temos que ter paciência, não devemos apressar porque um jogador do nível dele é importante não somente para o Santos, mas também para a seleção brasileira”, afirmou Muricy.

O comandante santista deixou claro que precisa ser cauteloso e não precipitar o retorno do atleta aos gramados. E, como Ganso ainda não voltou aos treinos com bola, é muito difícil que ele esteja em campo no duelo de ida da semifinal diante do Corinthians. O mais provável é que ele retorno apenas na partida de volta do mata-mata, no próximo dia 20, no Pacaembu.

“O Ganso só vai jogar se realmente tiver condições e se o médico que o operou der a liberação. Esta semifinal é importante, mas não vou forçar nada e não sou técnico de arrebentar jogador. Mas ele está se recuperando muito bem”, completou Muricy.

Continua após a publicidade
Publicidade