Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muricy diminui o peso de duelo com Corinthians: não é o fim’

Rivais históricos, Santos e Corinthians decidem nos próximos dias 13 e 20 de junho qual dos dois estará na final da Copa Libertadores da América desta temporada. Por conta disso, os duelos que irão reunir Peixe e Timão têm sido considerados de suma importância, tanto para um lado quanto para o outro. Procurando tirar um pouco do peso dessa semifinal de Libertadores, o técnico santista, Muricy Ramalho, destacou que a temporada irá continuar, seja qual for o resultado da eliminatória.

‘São jogos muito importantes, mas não é o fim do mundo. Se perdermos, nós vamos seguir a nossa vida. Sinto-me um privilegiado em ter a chance de disputar um jogo desse, mas podem ter certeza: quando tiver um outro Santos e Corinthians, pelo Brasileirão, por exemplo, vocês (jornalistas) também vão dizer que é um histórico ou algo assim’, disse o treinador, negando que a ansiedade esteja tomando conta dele e do grupo, às vésperas das partidas contra o Timão.

‘Estou normal. Eu almoço e janto. Levo o dia como sempre. Os atletas também têm sido assim. Claro que esses duelos contra o Corinthians definem o finalista da Libertadores, que é um objetivo importante para o clube, mas eu não posso só pensar nesses jogos. Tenho outras coisas para pensar’, comentou.

Muricy Ramalho destacou que a sequência de sua equipe no ano e a disputa do Campeonato Brasileiro são outros temas que têm lhe preocupado nos últimos tempos. ‘Não posso olhar somente para Santos e Corinthians. Futebol é mais complicado do que isso. Tenho viagens pela frente e um Brasileirão inteiro para ser jogado’, ponderou o comandante, antes de falar sobre o clássico contra o São Paulo, domingo, no Morumbi, pelo Brasileirão.

‘Sabíamos que uma hora iria cruzar o Brasileiro com a Libertadores, pois é uma coisa natural de um time de ponta, que está disputando competições simultâneas. Por isso, não podemos ficar reclamando ou apenas pensando no Corinthians. Temos que encarar o São Paulo e ir em busca da vitória’, encerrou Muricy.