Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muricy aparece em treino e deve comandar o Santos na quarta

Técnico ficou dez dias afastado do trabalho por causa de uma crise de diverticulite

O técnico Muricy Ramalho apareceu nesta segunda-feira no CT Rei Pelé, depois de se recuperar de uma crise de diverticulite sofrida no dia 5, comandou um trabalho técnico com os jogadores do Santos e deve voltar ao banco de reservas da equipe no confronto do Santos diante do Flamengo do Piauí na quarta-feira, às 22 horas, na Vila Belmiro, pela primeira fase da Copa do Brasil.

Muricy reclamava de fortes dores abdominais e foi internado no Hospital Luiz, em São Paulo. Depois de dois dias, foi liberado e passou uma semana descansando em casa. Seu estado ainda inspira alguns cuidados especiais, principalmente no que diz respeito à alimentação.

“Muricy vai ter que comer de três em três horas, uma alimentação balanceada. Já foram passadas todas as orientações, ele vai se alimentar seguindo prescrições médicas”, explicou o médico Rodrigo Zogaib. Nos últimos dois jogos, o empate por 2 a 2 com o mesmo Flamengo, em Teresina, e a vitória por 4 a 0 sobre o União Barbarense, pelo Campeonato Paulista, o time foi treinado pelo auxiliar Tata, braço direito do treinador.

Leia também:

Leia também: Parte da Arena Palmeiras desaba. Há um morto e um ferido

As outras novidades da equipe para quarta são o volante Arouca, recuperado de uma lesão muscular na coxa direita, e o lateral-esquerdo Léo, poupado contra o União Barbarense. O volante Marcos Assunção segue como desfalque. Ele recebeu alta do Hospital São Luiz após se recuperar de uma amigdalite, mas está repousando em casa e não deve ser aproveitado nesta semana.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com Estadão Conteúdo)