Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muricy admite que Neymar está mal e ordena descanso

Por Sanches Filho

Santos – O jogador com maior capacidade para reverter a vantagem do Corinthians e colocar o Santos na decisão da Copa Libertadores é o que mais preocupa o técnico Muricy Ramalho: Neymar. Os resultados dos exames de sangue dos jogadores, realizados na última quinta-feira, mostraram que o desgaste de todos foi alto, bem acima dos jogos normais, mas de nenhum deles apresentou um índice tão elevado quanto o do atacante.

“Eu nunca vi Neymar desse jeito. Cansado e desabar daquele jeito. Para acontecer com ele assim é muito difícil”, disse o treinador, embora Neymar seja o jogador que apresenta o maior desgaste após qualquer jogo.

O que mais assustou Muricy Ramalho foi tomar conhecimento de que no momento em que parte dos refletores da Vila Belmiro apagou, aos 36 minutos do segundo tempo do jogo da última quarta, Neymar desabou no gramado e reclamou para os companheiros que estava esgotado. “Ele disse que estava sentindo cãibra, o que nunca aconteceu com ele”.

O treinador não confirma que Neymar perdeu peso e massa muscular em razão das viagens de ida e volta aos Estados Unidos e dos três jogos pela seleção brasileira, mas diz que só de olhar percebeu que ele retornou desgastado, em razão da mudança do método de treinamentos, alimentação diferente e cansaço. “Olhando o físico dele percebemos que houve perda”, disse Muricy Ramalho.

Tanto na quinta, quando fez apenas um trabalho regenerativo, como nesta sexta, Neymar não apareceu no campo. Ele vai ter uma alimentação especial nos próximos dias, concentrar-se mais cedo com os companheiros – provavelmente após o treino da próxima segunda – e dosar o esforço nos treinamentos até quarta.

Muricy Ramalho preferiu não relacionar a queda de rendimento do time ao fato de Neymar não fazer gol há três jogos – os dois contra Vélez Sarsfield, da Argentina, e o primeiro das semifinais da Libertadores diante do Corinthians. Ele diz que o Santos é um time e que não pode falar de um só atleta. “O que está acontecendo com Neymar é um momento e vai passar. Não tem sido fácil para ele. É viagem para cá e para lá. Ele vai descansar e ficar melhor até quarta-feira”, assegurou.

O técnico santista preferiu não se posicionar quanto à denúncia do presidente do clube, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, de que o diretor de seleções da CBF, Andrés Sanchez, e o técnico Mano Menezes teriam manobrado na convocação de jogadores para beneficiar o Corinthians. Ao ser questionado se achava procedente a reclamação, Muricy Ramalho afirmou que só o presidente do Santos poderia responder. “Eu sou técnico de futebol e só posso responder pelo meu time”.

Ele deu razão a Mano Menezes por ter convocado Neymar e Rafael para os amistosos nos Estados Unidos. “O foco tem que ser esse mesmo. Chegou a hora de definir o time para a Olimpíada. Ele já fez muitos testes e agora chegou a hora de definir”, afirmou Muricy Ramalho. Com relação suspeita de Luis Alvaro pela não convocação de Paulinho, ele disse que se trata de um grande jogador e que poderá ser um dos volantes para a Copa de 2014. “Mas não sei se Paulinho tem idade olímpica (23 anos)”, concluiu.