Clique e assine com até 92% de desconto

Multicampeão do boxe, Pernell Whitaker morre atropelado nos EUA

Medalha de ouro em Los Angeles-1984, ele tinha 55 anos

Por Da redação Atualizado em 15 jul 2019, 12h20 - Publicado em 15 jul 2019, 12h19

O ex-boxeador americano Pernell Whitaker morreu neste domingo 14, em Virginia Beach, nos Estados Unidos, vítima de um atropelamento, aos 55 anos. Campeão olímpico em Los Angeles-1984, ele passou a lutar profissionalmente até 2001, quando encerrou a carreira com um cartel de 40 vitórias, quatro derrotas e um empate e títulos em quatro categorias (leve, meio-médio-ligeiro, meio-médio e médio-ligeiro).

A polícia local foi informada sobre o acidente às 22h04, segundo informações do site TMZ. Whitaker recebeu atendimento de urgência, mas morreu no local. A informação foi confirmada por sua filha, Dominique. “Quero informar que hoje perdermos uma lenda, um dos melhores campeões do boxe, meu pai Pernell ‘Sweet Pea’ Whitaker.” As circunstancias do acidente estão sendo investigadas.

Dois dias antes de morrer, Whitaker esteve com Floyd Mayweather, maior astro do boxe na atualidade, que postou a foto do encontro nesta segunda-feira com uma homenagem ao ídolo. “Descanse em paz, campeão. Um dos maiores lutadores. Esta foto foi tirada em 13 de julho”, escreveu Mayweather.

https://www.instagram.com/p/Bz8IW7aFKGY/

Whitaker foi considerado o melhor boxeador libra por libra do mundo de 1993 a 1997. Entre seus feitos mais marcantes, destacam-se as vitórias sobre Roger Mayweather (tio de Floyd), Jorge Luis Ramirez, Jorge Paez, Greg Haugen e Azumah Nelson.

Já perto do fim de carreira, protagonizou um grande duelo com o americano de origem mexicana Oscar De La Hoya, em 1997, na qual foi perdeu seu cinturão por decisão controversa da arbitragem. Whitaker, que em 2006 foi incluído no Hall da Fama do Boxe, deixa cinco filhos.

Continua após a publicidade
Publicidade