Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Multa para nadador americano abre divergência entre MP e Justiça

Promotora quer valores mais altos que R$ 35.000 e prestação de serviços comunitários de James Feigen, que mentiu para a polícia

A polêmica envolvendo os nadadores americanos que mentiram para a polícia ganhou um novo capítulo esta manhã. A promotora Claudia Turner não gostou do acordo feito nesta madrugada entre o atleta James Feigen e a juíza Tula Corrêa de Melo que estipulou em 35.000 reais a multa por ele ter inventado um assalto no Rio de Janeiro.

Leia também:
Ryan Lochte pede desculpas por mentir sobre assalto
Lochte pode perder 32 milhões de reais em acordos publicitários
Comitê Olímpico dos EUA pede desculpas ao Brasil por nadadores

Desde o início das negociações para a transação penal (quando o réu declara-se culpado para ter uma pena mais branda), o MP teve uma postura dura. Para não denunciar Feigen por falsa comunicação de crime, inicialmente, propôs uma multa de 350.000 reais. Depois, aceitou reduzir o valor para 100.000 reais e, por fim, topou o pagamento de 35.000 reais desde que houvesse também algum tipo de prestação de serviços à comunidade. No entanto, a decisão de Corrêa de Melo na madrugada de ontem prevê apenas a multa, sem qualquer prestação de serviços.

Feigen é o único dos americanos envolvidos no caso que ainda permanece no Brasil aguardando a liberação do seu passaporte. O 12 vezes medalhista olímpico Ryan Lochte, o mais famoso do grupo de baderneiros, já havia deixado o Brasil quando a polícia começou a desconfiar da história. Gunnar Bentz e Jack Conger receberam de volta os seus passaportes, que haviam sido apreendidos, após prestarem depoimento admitindo a farsa e já retornaram aos EUA em um voo do Rio a Miami.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Maria Helena Oliveira

    ah tá, o cara mora nos eua e querem que ele venha prestar serviços comunitários no brasil???? acho muito bem feito o que esses nadadores fizeram, aqui é uma republiqueta de bananas, o país caindo aos pedaços, e ainda assim disperdiçando verbas em jogos olímpicos…..

    Curtir

  2. Ana Paula De Melo

    Essa promotora quer aparecer: o filho do Eike matou e está solto. A multa de 35mil está ótima.

    Curtir

  3. Edson Nelson

    um holofote deste e um promotor não aparecer, tava estranhando….

    Curtir

  4. Antonio Carlos Peludo

    Onde impera desrespeito e a corrupção , o amor a nação é pobre , a confiança é nula e a admiração desaparece. Acorda BRASIL !

    Curtir

  5. Incrível! O Juiz começou com R$ 350.000,00 e foi baixando até os R$ 35.000,00 é bem do nosso Judiciário. Condenar a 400 anos de prisão e o condenado não passar um dia sequer na prisão. Não deveria haver “negociação” da pena à margem do MP e PT nunca mais.

    Curtir

  6. Como se chegou a esse valor? Serviço comunitário, tá de sacanagem!

    Curtir

  7. Lair Bortolini de Castro Biagini

    Quem acha que a MP está querendo aparecer deve ir aprontar nos USA como eles aprontaram aqui prá ver quanto vai pagar, além de ficar preso.

    Curtir