Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mourinho perde a paciência e declara guerra à imprensa

Treinador do Chelsea disse que teve a privacidade invadida com a divulgação do vídeo de seu desentendimento com um garoto de 14 anos

O técnico português José Mourinho ficou furioso com o vazamento do vídeo em que aparece empurrando um garoto que tentava filmá-lo pelas ruas de Londres. Nesta sexta-feira, o treinador do Chelsea se disse vítima de “invasão de privacidade” por parte do garoto e declarou guerra à imprensa: “Vocês não vão mais tirar de mim manchetes boas ou engraçadas. Vou tratar os seus chefes (jornalistas) como eles me tratam: sem respeito, sem respeito algum”, avisou, no centro de treinamento do Chelsea, segundo informações do tabloide britânico Daily Mail.

Leia também:

Mourinho não baixa a bola: ‘Primeira fase ruim em 15 anos’

Crise no Chelsea: Mourinho coleciona confusões e já desagrada brasileiros

Mourinho a jornalista: ‘Entre no Google antes de fazer pergunta idiota’

Filha de Mourinho brilha em noite de premiação do pai

O técnico deixou claro que não se incomoda com as críticas sobre o mau rendimento do time, 12º colocado do Campeonato Inglês, mas se sentiu ofendido com a divulgação do último vídeo. “Não estou falando sobre futebol, quanto a isso estou pronto para receber críticas, até as estúpidas. Mas vocês dão destaque à vida pessoal e eu não gosto disso. A partir de agora teremos uma relação profissional diferente”, avisou o sempre controverso treinador.

O Chelsea também saiu em defesa de seu comandante. “José entende as leis sobre filmagens em locais públicos, mas os dois adolescentes em questão o seguiram de sua casa por cerca de 20 minutos e constantemente interromperam telefonemas privados, algo que Mourinho e o clube acreditam que vão além das fronteiras de comportamentos razoáveis”, afirmou o chefe de imprensa do clube londrino, Steve Atkins.

Vídeo – A gravação feita pelo jovem Otto Nahmmacher, de 14 anos, foi divulgado pelo jornal inglês The Sun na quarta-feira e rendeu ainda mais críticas a Mourinho, que nos últimos meses já se desentendeu com jornalistas, jogadores, adversários e até com a médica do Chelsea, Eva Carneiro, que pediu demissão.

No vídeo, José Mourinho aparece falando no celular enquanto caminhava pelo bairro de Knightsbridge. Ao perceber que o garoto tentando filmá-lo, Mourinho se dirigiu a ele e conseguiu evitar a gravação. Segundo a versão do Chelsea, o rapaz, que é torcedor do Chelsea, estava acompanhado de um amigo e o seguiu durante um longo trajeto.