Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Mourinho elogia Betis e responde Guardiola: Sou imperfeito’

Por Da Redação - Atualizado em 19 jul 2016, 14h14 - Publicado em 10 mar 2012, 20h55

José Mourinho se notabiliza pela sinceridade em suas declarações. Neste sábado, reconheceu que o Betis deve ser elogioado pela ousadia, pois merecia sorte melhor diante do Real Madrid para evitar a derrota por 3 a 2, em confronto válido pelo Campeonato Espanhol.

‘O Betis é exemplo de time que não joga para o título, mas sim para o espetáculo, para encantar a torcida, como fez ano passado com o Barcelona’, afirmou o português.

Na visão de Mourinho, a partida deste sábado em Sevilha merecia um placar ainda mais elástico, talvez um empate por 4 a 4. No entanto, o Real Madrid sofreu alguns riscos desnecessários contra o Betis.

‘Foi uma partida que não se sabia como iria terminar, quem iria marcar, o que aconteceria. Nenhuma das equipes teve o controle, uma partida com muitas bolas perdidas. Não quero uma partido louca, que podemos ganhar ou perder, quero um jogo controlado’, avisou o técnico.

Publicidade

Polêmica – Além de falar sobre o Betis, José Mourinho deu uma nova resposta ao Josep Guardiola, técnico do Barcelona, que recriminou o modo de agir do rival. ‘Eu sou imperfeito mesmo’, ironizou o português.

A discussão pela imprensa começou quando Mourinho deixou a entender que Guardiola é igual aos outros técnicos nos momentos de reclamações dos árbitros, porém ‘queria vender a imagem de melhor’. ‘Como sou imperfeito, falo tudo o que vejo’, emendou o comandante do Real Madrid.

Publicidade