Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mourinho admite sonegação e é multado em 800.000 euros

Treinador português propôs acordo que foi aceito pela Justiça da Espanha

O técnico português José Mourinho, do Manchester United, chegou a um acordo verbal com o Ministério Público da Espanha, em que se declarou culpado por dois crimes contra a Receita e se comprometeu a pagar 800.000 euros de multa (cerca de 3,38 milhões de reis).

Fontes ligadas ao processo relataram que a defesa do ex-treinador do Real Madrid enviou carta à Promotoria, há alguns dias, propondo os termos que foram aceitos pela Justiça, conforme publicou nesta terça-feira o jornal espanhol El Mundo.

O Tribunal de Instrução número 4 de Alarcón, em Madri, investigava Mourinho, a partir de denúncia apresentada pelo Setor de Crimes Financeiros da Promotoria da capital, de fraude de 3,3 milhões de euros (13,9 milhões de reais), durante passagem pelo Real Madrid, entre 2011 e 2012.

O português foi acusado por dois crimes de sonegação ao Imposto de Renda. A Receita confirmou à promotoria que o técnico assinou contrato, cedendo os direitos de imagem a uma empresa com sede nas Ilhas Virgens Britânicas, depois passando para outras sociedades. De acordo com a denúncia, a ideia era ocultar os valores recebidos a título de direitos de imagem.