Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre Cilinho, ex-técnico de São Paulo e Ponte Preta

Otacílio Pires de Camargo enfrentava problemas de saúde desde o ano passado, quando sofreu um AVC

Otacílio Pires de Camargo, o Cilinho, morreu nesta quinta-feira 28, em Campinas (SP). Aos 80 anos, o ex-técnico, que teve boas passagens no São Paulo e na Ponte Preta, enfrentava problemas de saúde e chegou a sofrer um AVC no ano passado.

“Com profundo pesar, o São Paulo lamenta o falecimento de Otacílio Pires de Camargo. Cilinho foi um dos técnicos mais vitoriosos da história do São Paulo. Aliado ao cartel de conquistas, ele também foi um grande revelador de talentos no esporte. Neste momento de dor, o clube se solidariza com a família, amigos e admiradores de Cilinho”, comunicou o São Paulo, em suas redes sociais.

Cilinho chegou ao auge da carreira como treinador nos anos 80, quando comandava o famoso time do São Paulo, que tinha Müller, Sidnei, Silas, Pita e Careca, apelidados de “Menudos do Morumbi”, em referência ao grupo musical porto-riquenho “Menudo” e à pouca idade dos jogadores. A equipe comandada por Cilinho levantou a taça de campeão paulista em 1985 e 1987.

A história do treinador também está diretamente ligada com a Ponte Preta, time de sua terra, onde teve nove passagens em sua carreira. Cilinho, inclusive, sustenta até hoje o posto de técnico que mais dirigiu o time campineiro. Ao todo, foram 345 partidas à frente do clube.

Cilinho também teve uma passagem pelo Corinthians, onde foi vice-campeão paulista em 1991. Também dirigiu o Santos em 1982.