Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Montillo não vê problemas em atuar como atacante e fica à disposição

No primeiro coletivo da era Celso Roth no Cruzeiro, o treinador optou por escalar Montillo como segundo atacante. O argentino afirmou que não se incomoda de atuar dessa forma, inclusive deixa claro que já jogou dessa forma na época da Universidad de Chile. Montillo acredita que ainda é cedo para dizer que o time vai estrear dessa forma no Brasileiro. Para ele, Celso Roth estava apenas testando algumas opções de jogo.

‘Joguei muito assim no Universidad de Chile. Jogávamos só com um atacante, e eu fazia o segundo. Mas isso não quer dizer que o time que ele escalou hoje vai jogar domingo. Ele ainda vai conhecer os jogadores. Quase todos estão 100%. Tomara que ele possa colocar o melhor em campo, porque precisamos de uma vitória. O time perdeu um pouco a confiança. Foi um primeiro semestre difícil para nós. Temos que melhorar muito para conseguir a confiança do torcedor’, declarou.

Montillo aposta que com a chegada de um novo treinador, o Cruzeiro conseguirá corrigir alguns problemas que a equipe apresentava para estrear bem no Brasileiro. Segundo ele, ainda é cedo para avaliar o trabalho de Celso Roth, que chegou na última quarta-feira, mas Montillo garante que os atletas vão se esforçar no treinamento para entender e executar o que o treinador pede.

‘Na hora que o treinador chega, ele sempre quer melhorar as coisas ruins que se fazia. Pelo segundo treino, às vezes, é difícil falar, pois conheci agora. Tomara que possamos melhorar. Deixamos de marcar. Por isso, tomamos muitos gols. Daqui até domingo, tem poucos dias, mas vamos tentar fazer o melhor do que ele pede para ganhar o primeiro jogo’, disse.