Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Montillo diz que tem jogado com dores e pede desculpa por eliminação

Por Da Redação 30 abr 2012, 12h31

O armador Montillo, que era a maior esperança do Cruzeiro para chegar à decisão do Campeonato Mineiro, não conseguiu escapar da forte marcação do América-MG, e revelou após a partida que tem jogado no sacrifício. O jogador não quis usar as dores para justificar a eliminação, mas deixou claro que não tem atuado com 100% das condições. Montillo já havia ficado fora do primeiro jogo contra o Coelho, em função de dores musculares.

‘No primeiro tempo eu ainda estava com algumas dores da lesão que tive na semana que passou, mas não vale como desculpa. Atrapalhou, mas tenho que começar a falar com o doutor e saber o que está acontecendo, porque não consigo jogar sem dor’, disse.

Com a eliminação do Estadual, Montillo terá uma conversa com o departamento médico do Cruzeiro, para descobrir a origem das dores musculares, que tem atrapalhado o desempenho dentro de campo. O armador disse ainda, que o técnico Vágner Mancini perguntou sobre as condições para continuar no jogo, e Montillo afirmou que queria ficar em campo.

‘Vou falar com ele, era para eu ter saído, mas eu gosto sempre de ficar em campo e acompanhar o time na vitória e na derrota. O Mancini perguntou várias vezes para mim se eu queria sair e eu falei para ele que não. Sou um jogador que gosto de falar quando jogo bem, mas eu também falo quando jogo mal. Foi um dia ruim para mim, joguei mal e assumo a responsabilidade que tenho que assumir’, declarou o atleta, que pediu desculpas a torcida pela perda do Mineiro.

‘Quero pedir desculpas à torcida que veio ao campo. Começamos errado de novo, tomando gol, conseguimos empatar, mas ficamos nervosos e não fizemos uma boa partida. Temos que melhorar muitas coisas para quarta-feira e vamos erguer a cabeça para isso’, concluiu.

Continua após a publicidade
Publicidade