Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mogi bate Bragantino e dá passo pelo título do Interior

Por AE

Bragança Paulista – O Mogi Mirim deu um importante passo para conquistar o título do Troféu Campeão do Interior. Mesmo jogando fora de casa, o time não tomou conhecimento do Bragantino e venceu por 4 a 2, na noite deste sábado, no Estádio Nabi Abi Chedid, pelo primeiro jogo da final. O meia Felipe, que está prestes a retornar ao Palmeiras, foi o destaque do jogo, com duas assistências e um gol.

Com esse resultado, o Mogi Mirim ficou ainda mais próximo de conquistar o inédito título, já que pode perder por até um gol de vantagem no duelo de volta da decisão, marcado para o próximo sábado, no Estádio Romildo Gomes Ferreira. Para ser campeão, o Bragantino precisa vencer por três gols, já que uma vitória por diferença de dois gols leva a disputa do título para os pênaltis.

Sabendo da importância de conquistar um bom resultado em casa, o Bragantino partiu para cima e abriu o placar logo aos 3 minutos. Victor Ferraz recebeu bom passe de Romarinho e bateu colocado no ângulo do goleiro Anderson, que não conseguiu fazer a

Defesa.

Depois disso, o Mogi Mirim cresceu na partida e chegou ao empate aos 20 minutos. Após grande jogada individual de Felipe, João Paulo passou por um marcador e bateu sem chances para o goleiro adversário.

Animado, o time visitante chegaria ao segundo gol sete minutos depois. Felipe bateu falta rasteira e surpreendeu Rafael. Na sequência, Anderson se chocou com Giancarlo e precisou deixar o campo de ambulância, sendo substituído por Daniel. O jogador passa bem após ter sido encaminhado ao hospital com um colar cervical no pescoço. O Bragantino ainda bem que tentou chegar ao empate, mas sem sucesso.

Diferente do primeiro tempo, a etapa final foi sem muitos lances de perigo. Logo aos seis minutos, João Paulo cruzou rasteiro para dentro da área rasteiro e Luís Henrique, na tentativa de cortar o lance, acabou chutando contra o próprio gol.

Depois disso, o jogo ficou bastante truncado e o Bragantino não conseguia escapar da forte marcação adversária. Aos 32 minutos, Luís Henrique quase deixou tudo igual, mas Daniel praticou grande defesa. Quando a partida se encaminhava para o final, o Mogi ampliou aos 42. Felipe fez grande jogada individual e tocou para Roni, que chegou batendo de trás para marcar o quarto gol.

FICHA TÉCNICA:

BRAGANTINO 2 X 4 MOGI MIRIM

BRAGANTINO – Rafael; Diego Paulista (Franklin), André Astorga e Luís Henrique; Victor Ferraz, Serginho, Reinaldo, Fernando Gabriel e Léo Jaime; Romarinho e Giancarlo. Técnico – Marcelo Veiga.

MOGI MIRIM – Anderson (Daniel); Luiz Felipe, Tiago Alves, Lucas Fonseca e João Paulo; Baraka, Gil (Piauí), Val e Felipe; Zé Carlos (Roni) e Hernane. Técnico – Guto Ferreira.

GOLS – Victor Ferraz aos 3, João Paulo aos 20, Felipe aos 27 e André Astorga aos 30 minutos do primeiro tempo; Luís Henrique (contra) aos 7 e Roni aos 46 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Raphael Claus.

CARTÕES AMARELOS – Serginho, Zé Carlos, Luís Henrique, Tiago Alves, André Astorga, Val, João Paulo e Lucas Fonseca.

RENDA: R$ 22.690,00.

PÚBLICO: 2.077 pagantes.

LOCAL – Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.