Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Missão impossível’ para Arsenal contra Milan na ‘Champions’

O Arsenal precisa de um milagre para se classificar para as quartas de final da Liga dos Campeões, ao receber nesta terça-feira no Emirates Stadium o Milan, que o derrotou por 4 a 0 na ida em San Siro.

Apenas três equipes conseguiram superar uma diferença de quatro gols na história das competições europeias.

A última delas foi o Real Madrid, que perdeu por 5 a 1 para o Borussia Moenchengladbach no jogo de ida na Alemanha, mas conseguiu levar a melhor no confronto com uma goleada de 4 a 0 no Santiago Bernabeu, na edição de 1985-86 da Copa UEFA, versão antiga da Liga Europa.

Mesmo assim, o treinador do Milan, Massimo Allegri, declarou diversas vezes que sua equipe “ainda não estava classificada”.

Todos os torcedores do time ‘rossonero’ guardam uma lembrança amarga da eliminação nas quartas de final da Liga dos Campeões em 2004 pelo Deportivo La Coruña, quando os italianos venceram em casa por 4 a 1, mas acabaram perdendo por 4 a 0 na volta, na Galícia.

O Arsenal, que vem de duas grandes derrotas de virada, aposta na sua capacidade de superação para conseguir a vaga.

No último sábado, derrotou por 2 a 1 sobre o Liverpool em pleno Anfield, e na rodada anterior, atropelou o arquirrival Tottenham por 5 a 2, em partida que começou perdendo por 2 a 0.

“Estamos numa boa sequência, acredito que temos condições de tentar o impossível nesta terça-fera. Vamos tentar de tudo”, afirmou o treinador dos ‘Gunners’, o francês Arsène Wenger.

Apesar do bom momento atual, a equipe terá muitos desfalques, principalmente no meio de campo, já que no sábado o meia espanhol Mikel Arteta e o volante francês Abou Diaby saíram de campo lesionados.

“Ainda não sei quem vai poder jogar. Quem sabe eu escalo seis atacantes, temos que fazer muitos gols”, brincou Wenger.

O Milan foi ainda mais atingido pelos problemas físicos. Nada menos que 12 jogadores do elenco de Massimo Allegri estão machucados.

Com os desfalques do holandês Clarece Seedorf e do ganês Kevin-Prince Boateng, o treinador ainda não decidiu quem vai escalar para armar as jogadas ofensivas.

O holandês Urby Emanuelson, que fez boas partidas na posição de meia nas últimas semanas, se machucou no sábado, na vitória por 4 a 0 sobre o Palermo.

Allegri pode optar por recuar o brasileiro Robinho, em grande fase desde o início do ano.

Sem poder contar com Alexandre Pato, que sofreu sua 13ª lesão em menos de dois anos, o treinador deve apostar numa uma dupla de ataque formada pelo jovem Stephan El Shaarawy e o craque sueco Zlatan Ibrahimovic, que balançou as redes três vezes contra o Palermo.

A partida desta terça-feira será um duelo entre os artilheiros do ‘Calcio’ e da ‘Premier League’, já que além de ‘Ibra’, o holandês Van Persie também brilhou no sábado ao fazer os dois gols da vitória do Arsenal sobre o Liverpool.

Em outro duelo do dia válido pelas oitavas da ‘Champions’, o Benfica também precisa dar a volta por cima após uma derrota na partida de ida, mas uma vitória simples por 1 a 0 basta para garantir a vaga.

Os portugueses perderam por 3 a 2 para o Zenit São Petersburgo na Rússia, mas o fato de ter anotado dois gols fora de casa pode ser uma vantagem decisiva na hora de decidir o confronto nesta terça-feira no estádio da Luz de Lisboa.

Programação das partidas de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões disputadas nesta semana:

Terça-feira: Ida

Arsenal (ING) – Milan (ITA) 0-4

Possíveis escalações:

Arsenal : Szczesny – Sagna, Vermaelen, Koscielny, Gibbs – Song, Oxlade-Chamberlain, Rosicky, Walcott – Gervinho, Van Persie

Milan : Abbiati – Abate, Mexès, Thiago Silva, Mesbah – Aquilani, van Bommel, Nocerino – Emanuelson (ou Robinho) – Ibrahimovic, Robinho (ou El Shaarawy)

Árbitro: Damir Skomina (SLO)

Benfica (POR) – Zenit Saint-Petersburgo (RUS) 2-3

Possíveis escalações:

Benfica : Artur – Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Emerson – Gaitan, Witsel, Javi Garcia, Nolito – Rodrigo, Cardozo

Zenit : Malafeyev – Anyukov, Lombaerts, Alves (ou Hubocan), Criscito – Faizulin (ou Bystrov), Zyryanov, Shirokov, Denisov, Lazovic – Kerzhakov

Árbitro: Howard Webb (ENG)

Quarta-feira:

Apoel Nicósia (CHP) – Lyon (FRA) 0-1

Barcelona (ESP) – Bayer Leverkusen (ALE ) 3-1

As demais partidas de volta das oitavas serão disputadas nos dias 13 e 14 de março.