Clique e assine a partir de 8,90/mês

Mineirinho bate Slater na final e ganha título no surfe

Por Da Redação - 18 out 2011, 18h57

Por AE

Peniche – Depois do título de Gabriel Medina na semana passada na França, o Brasil voltou a vencer uma etapa do ASP World Tour, a divisão de elite do surfe mundial. Nesta terça-feira, em Peniche, Portugal, o campeão foi o surfista brasileiro Adriano de Souza, conhecido como Mineirinho, que chegou a derrotar o astro norte-americano Kelly Slater na final da competição.

Na última quarta-feira, o paulista Gabriel Medina já tinha feito história para o surfe brasileiro, ao se tornar o mais jovem surfista a ganhar uma etapa do circuito mundial – tem apenas 17 anos. Na etapa seguinte, realizada em Peniche, fechando a “perna europeia” do calendário, o Brasil voltou a brilhar. Dessa vez, foi com o também paulista Mineirinho, de 24 anos.

Para ser campeão, Mineirinho precisou somar quatro vitórias nesta terça-feira. Na grande final, ele teve pela frente o norte-americano Kelly Slater, considerado o maior surfista da história e dono do recorde de 10 títulos mundiais. E o brasileiro ganhou por 15,67 a 14,73, somando o seu segundo título na temporada – venceu também na etapa do Rio, em maio.

“Estou muito feliz. Foi um campeonato fantástico, com ondas fantásticas, acredito que as melhores deste ano no ASP World Tour, o público foi incrível lotando a praia todos os dias”, comemorou Mineirinho. “Agradeço muito a Deus por este momento tão especial na minha vida”, completou o brasileiro, que subiu para o terceiro lugar no ranking.

Apesar da derrota na final em Peniche, Slater ficou ainda mais perto de conquistar o título da temporada. Ele aumentou a sua vantagem na liderança do ranking e depende agora apenas de um nono lugar nas duas últimas etapas do calendário – em São Francisco (EUA), em novembro, e no Havaí (EUA), em dezembro – para ser o campeão pela 11ª vez na história.

Agora, depois de nove etapas disputadas na temporada, o astro norte-americano de 39 anos lidera o ranking com 58.150 pontos. O segundo colocado é o australiano Owen Wright, com 45.650, enquanto Mineirinho aparece em terceiro, com 42.450. Mas os dois já dão o título de Slater como certo. “Ele já é onze vezes campeão mundial”, disse o brasileiro.

Continua após a publicidade
Publicidade