Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Milton Cruz desabafa contra críticas e se emociona ao citar Ceni

O tradicional tom de voz pacato do sempre sorridente Milton Cruz foi substituído por um discurso cercado de sentimento – com direito até a um choro ao falar de Rogério Ceni – depois da vitória do São Paulo neste sábado contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte. O coordenador técnico atuou na função de treinador interino e desabafou ao responder as críticas recebidas na semana passada, no jogo contra a Portuguesa, por torcedores organizados.

‘Foram dois ou três que duvidaram da minha dignidade, colocaram uma faixa contra mim, foi algo mandado, mas isso não vai me afetar. Tenho 18 anos de funcionário e nunca tive um deslize, e ainda sete anos como jogador. Estou aqui faz 25 anos, dei retorno como jogador e funcionário. Conheço esse clube como a palma da minha mão’, avisou.

Para o jogo contra o Cruzeiro, Milton Cruz recebeu ligações de amigos que fez no futebol, como os técnicos Ricardo Gomes, Paulo Autuori, Paulo César Carpegiani e até o santista Muricy Ramalho. Ele ressalta a qualidade do elenco são-paulino.

‘Pra quem fala que o São Paulo não tem time, esse é o time. Hoje alguns treinadores me ligaram e falaram que o São Paulo é um dos melhores times. Hoje foi a resposta’, emendou o técnico interino, que apostou em um esquema com três zagueiros na capital mineira.

Milton Cruz chegou às lágrimas ao falar do apoio de Rogério Ceni. Mesmo sem jogar em 2012 por causa de uma grave contusão no ombro, o arqueiro mantém participação ativa na liderança do grupo.

‘Não posso esquecer o Rogério, um cara que sempre confiou no meu trabalho, eu sei do esforço dele para estar conosco. Ele merece tudo de bom, tem uma participação grande no trabalho, foi muito importante nestes dias’, disse Milton Cruz.