Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Milan empata clássico em sua estreia como clube ‘chinês’

Equipe rubro-negra iguala jogo com a Internazionale aos 51 do segundo tempo

Por Da redação 15 abr 2017, 12h15

O Milan conseguiu um empate improvável no clássico contra a Internazionale, neste sábado, em seu primeiro jogo após ser oficialmente adquirido pelo grupo chinês Rossoneri Sport Investment Lux. Após estar perdendo para seu maior rival por 2 a 0, a equipe rubro-negra reagiu e conseguiu um ponto no Campeonato Italiano com um gol aos 51 minutos do segundo tempo.

Na quinta-feira, foi confirmada a venda do Milan do empresário Silvio Berlusconi, que foi dono do clube por 30 anos, para o grupo liderado por Li Yonghong. O valor do negócio foi de 740 milhões de euros, o equivalente a 2,4 bilhões de reais. A Inter também pertence a uma empresa chinesa, a rede varejista Suning. Não por acaso, o clássico de Milão foi disputado no começo da tarde, pelo horário italiano, para ser exibido em horário nobre na China.

A Inter foi para o intervalo vencendo por 2 a 0, com gols de Candreva e Icardi, mas o Milan reagiu no segundo tempo e empatou o jogo com dois gols de zagueiros. Primeiro, Romagnoli diminuiu a vantagem da equipe azul e negra, depois Zapata, nos acréscimos, empatou o jogo.

Os dois times ocupam posições na zona intermediária do Campeonato Italiano e o máximo que podem conseguir é uma vaga na próxima edição da Liga Europa.

Continua após a publicidade

Publicidade