Clique e assine a partir de 8,90/mês

Milan e Barcelona jogam para tentar assumir a ponta na Liga dos Campeões

Por Olivier Morin - 18 out 2011, 15h35

A 3ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões na quarta-feira terá como destaque o duelo indireto entre Milan e Barcelona, que disputam a liderança do grupo H.

Grupo E:

(16h45) Bayer Leverkusen – Valencia: Estas duas equipes, que nunca se enfrentaram, lutam pelo segundo lugar, atrás do favorito da chave, o Chelsea. Os alemães marcaram até agora 99 gols em sua história na Liga dos Campeões. Será que chegarão ao 100º contra os espanhóis?

Chelsea – Genk: os “Blues” de Drogba tem uma ótima chance de ampliar sua vantagem na liderança contra a equipe mais fraca do grupo.

Grupo F:

(16h45) Olympique de Marselha – Arsenal: As duas equipes jogam pela liderança, apostando todas as fichas nesta competição. O caso do Olympique é claro: os marselheses estão em 15º lugar no Campeonato Francês, com apenas uma vitória. Mas a equipe de Didier Deschamps lidera este grupo da Liga dos Campeões com duas vitórias, sem ter sofrido um gol sequer. Os Gunners enfrentam grande dificuldade depois das saídas de Nasri e Fabregas, e estão apenas no 10º lugar na Premier League. O retrospecto dos londrinos de Arsène Wenger é melhor na Champions (uma vitória e um empate). O Arsenal nunca perdeu na França em sete jogos da Liga dos Campeões.

Continua após a publicidade

Olympiakos – Borussia Dortmund: Os alemães precisam aproveitar sua viagem à Grécia para conquistar os três pontos e permanecer na disputa após um início ruim de competição.

Grupo G:

(16h45) Shakthar Donetsk – Zenit São Petersburgo: os ucranianos do Shakthar, que ainda não venceram nesta Liga dos Campeões, devem despertar contra seus vizinhos russos para não dar vexame. Uma eliminação em um grupo considerado fácil não seria bem vista em um país que organizará a Euro-2012 com a Polônia.

Porto – Apoel Nicósia: os portugueses, detentores do título da Liga Europa, recebem a surpresa cipriota. O Porto tem um ótimo retrospecto em casa: 8 vitórias nas últimas dez partidas europeias.

Grupo H:

(16h45) Milan – Bate Borisov: os lombardos, felizes com o empate com o Barcelona no Camp Nou (2-2) pela primeira rodada, têm uma nova oportunidade de ganhar pontos e manter a liderança.

Barcelona – Plzen: o Barça deve bater a fraca equipe tcheca à espera do grande duelo do grupo, no dia 23 de novembro, no San Siro, que será sem dúvida “a final” desta chave

Continua após a publicidade
Publicidade