Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mike Tyson é acusado de roubar sorvete no US Open

O eterno campeão dos pesos-pesado abusou de sua fama e não fez questão de pagar 17 reais pelo produto

Por Da redação Atualizado em 31 ago 2016, 14h40 - Publicado em 31 ago 2016, 14h24

O ex-pugilista Mike Tyson é acusado de ter roubado na segunda-feira um sorvete no complexo Flushing Meadows, em Nova York, onde está sendo disputado o US Open, o último Grand Slam de tênis do ano. Ele assistia à estreia de Novak Djokovic no torneio contra o polonês Jerzy Janowicz. Segundo o jornal local New York Post, o campeão peso-pesado do boxe pegou um picolé de 5,50 dólares (cerca de 17 reais) no quiosque da franquia Ben & Jerry e saiu sem pagar, como se nada tivesse acontecido.

LEIA TAMBÉM:
Em comercial, Tyson devolve a orelha de Holyfield; assista
‘Não vou sobreviver se não receber ajuda’, diz Tyson
Ringue usado por Ali e Foreman é roubado no Congo

Ainda de acordo com a publicação, uma atendente cobrou Tyson, mas o ex-atleta a ignorou e saiu andando. O gerente do quiosque teria desistido de ir atrás do caloteiro ao ver que era ninguém menos do que Mike Tyson, um dos maiores nomes da história do boxe mundial.  “Isso mostra o caráter de Tyson, pois ele não parecia incomodado pelo que fez. Isso não me surpreende dado o seu histórico. Tyson não dos mais íntegros cidadãos “, comentou um funcionário ao New York Post.

Publicidade