Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Michael Laudrup deixa o comando do Mallorca

Por AE

Palma de Maiorca – O técnico Michael Laudrup pediu demissão do comando do Mallorca nesta terça-feira e declarou ter saído por conta de problemas de relacionamento com o vice-presidente Lorenzo Serra Ferrer e desacordos sobre a política de transferências do clube espanhol. “Mallorca será o que Serra Ferrer quer que seja”, disse Laudrup. “Eu não posso ficar assim a cada dia e ir para casa frustrado e com raiva”.

A decisão de Laudrup de deixar o clube acontece um dia depois do seu assistente Erik Larsen ser demitido por dizer que Serra Ferrer é uma “pessoa ruim”. O ex-jogador dinamarquês tinha criticado a decisão do clube de vender vários jogadores, incluindo o atacante Pierre Webo e o meio-campista Jonathan De Guzman durante a última janela de transferências.

Laudrup, de 47 anos, estava no Mallorca desde julho de 2010 e também já dirigiu Spartak Moscou, Getafe e Brondby. Depois de ficar no meio da tabela na maior parte do torneio, a equipe evitou o rebaixamento no Campeonato Espanhol na última rodada na temporada passada.

O Mallorca, que tem participação acionária de Rafael Nadal, está em 11º lugar no Campeonato Espanhol após vencer o Real Sociedad no domingo. O clube é um dos vários da Espanha que teve de buscar proteção contra a falência nos últimos anos. Sua nova diretoria adotou uma política de austeridade. “Eu não vim aqui pelo dinheiro. Eu vim porque era um bom projeto”, disse Laudrup.

Laudrup declarou que o conflito entre a comissão técnica e os dirigentes do clube tem atrapalhado o desempenho do Mallorca, que chegou a perder três partidas consecutivas no Campeonato Espanhol nesta temporada. “A equipe está sendo afetada por isso”, disse.