Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Michael Johnson aposta que Bolt volta de Londres com três ouros olímpicos

Por Da Redação
5 jul 2012, 12h04

Redação Central, 5 jul (EFE).- A lenda do atletismo mundial, o americano Michael Johnson aposta que o jamaicano Usain Bolt vai conquistar três medalhas de ouro nas provas de velocidade dos Jogos Olímpicos de Londres.

Em entrevista publicada nesta quinta-feira no site da Academia Laureus, na qual é membro, Johnson garantiu que o jamaicano será um dos grandes protagonistas do atletismo olímpico. Isso, apesar das recentes derrotas para o compatriota Yohan Blake, nos 100 e 200 metros rasos, na semana passada, na Jamaica.

O americano, dono de cinco ouros olímpicos, afirmou que Blake ‘aproveitou sua chance’ e que Bolt não vivia seu melhor momento. No entanto, Johnson aponta que o recordista mundial das duas provas ‘pode fazer o que quer’ com seu talento. Por isso, a aposta em ouros nos 100, 200 e no revezamento 4×100 metros rasos.

Considerado o maior corredor dos 400 metros rasos, Johnson afirmou que ainda espera ver Bolt superando marcas. ‘Ele pode bater o recorde mundial mais uma vez’. A aposta do americano é que o tempo nos 100 metros rasos do jamaicano pode ser abaixo dos 9s5 (o recorde é de 9s58).

Continua após a publicidade

Sobre os rivais de Bolt nos 100 metros em Londres, Johnson destacou Blake, mais três americanos Tyson Gay, Walter Dix e Justin Gatlin, o francês Christophe Lemaitre e o trinitino Richard Thompson. ‘Esses são os atletas que provavelmente veremos na final’, analisou.

O ex-atleta também falou sobre doping, revelando que é contrário a exclusão de atletas do esporte por uso de substâncias proibidas. ‘Todo mundo tem direito a uma segunda chance’, disso. Johnson defendeu que as suspensões sejam de quatro anos.

O americano reiterou a importância da rigidez nas punições, e principalmente, que os órgãos de controle fiquem atentos quanto à identificação de novas formas de burlar os exames antidopings. ‘É preciso entender que nunca se eliminarão completamente as drogas que melhoram o rendimento no esporte’, concluiu. EFE

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.