Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

México supera erros de arbitragem e vence Camarões

Juiz anulou dois gols dos mexicanos ainda no primeiro tempo

Apontado como grande adversário do Brasil na disputa pelo primeiro lugar do Grupo A, o México venceu Camarões por 1 a 0 nesta sexta-feira na Arena das Dunas, em Natal. O resultado só surgiu no segundo tempo – o primeiro terminou em 0 a 0 com o México protestando dois gols anulados e um pênalti não marcado pelo árbitro colombiano Wilmar Roldán. Na outra partida do grupo, entre Brasil e Croácia, nesta quinta, o árbitro já havia sido criticado por apontar pênalti em lance no qual Fred foi derrubado.

Leia também:

Croata lamenta pênalti ‘ridículo’. Mas Felipão achou que foi​

No sufoco e de virada, Brasil vence com brilho de Neymar: 3 a 1

Estatísticas: Oscar se supera e vira dono do lado direito do Brasil

Copa do Mundo começou com festa morna (e xingamentos a Dilma)

O primeiro tempo começou com garoa e terminou sob temporal – mas sem estragar o gramado da Arena das Dunas, que suportou a quantidade de água. Incisivo, o México manteve a posse de bola por 68% do tempo, mas correndo risco nos contra-ataques de Camarões. Em um deles, Eto´o acertou a trave.

O domínio mexicano resultou em dois gols marcados pelo meia Giovani dos Santos e incorretamente anulados pelo árbitro colombiano Wilmar Roldan. No primeiro, aos 11 minutos, finalizou na área em condição legal; no segundo, aos 39 minutos, empurrou às redes depois de cobrança de escanteio que resvalou na cabeça de jogador de Camarões. Os mexicanos protestaram também por um pênalti não marcado sobre o mesmo jogador.

O segundo tempo seguiu o ritmo do primeiro: forte chuva, maioria mexicana no estádio e domínio da equipe no gramado. O gol saiu aos 16 minutos, em chute preciso do atacante Peralta na pequena área. O México seguiu no ataque e esteve perto de ampliar, perdendo três chances nos últimos 15 minutos. No último minuto, porém, o time foi salvo por uma linda defesa do goleiro Ochoa em cabeçada de Moukandjo.

A vitória mexicana na Arena das Dunas representou também o fim do tabu do país contra seleções africanas em Copas: em três jogos, o México perdeu um e empatou dois.

O México volta a jogar na próxima terça, contra o Brasil, às 16 horas no Castelão (Ceará). Camarões completa a rodada às 19 horas de quarta enfrentando a Croácia na Arena Amazônia.