Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

México faz 3 a 1 na Croácia e vai pegar a Holanda

Time deslancha no fim e por pouco não conquista liderança do Grupo A

Por Da Redação 23 jun 2014, 18h54

O México sofreu na primeira etapa, mas despertou nos minutos finais e venceu a Croácia por 3 a 1 em jogo tenso na tarde desta segunda-feira. Contando com enorme apoio dos torcedores mexicanos que lotaram a Arena Pernambuco, em Recife, a seleção mexicana chegou a sete pontos e só não roubou o primeiro lugar do Grupo A da seleção brasileira por ter terminado com dois gols a menos de saldo. O adversário do México nas oitavas de final será a Holanda, líder do Grupo B, em jogo marcado para o próximo domingo, no Castelão, em Fortaleza.

Leia também:

Neymar dá show e Brasil segue adiante, apesar dos sustos

Holanda vence Chile no Itaquerão e termina em primeiro

O primeiro tempo foi tenso e movimentado, mas terminou sem gols. O México jogava pelo empate e chegou perto do gol, primeiro em chute de Héctor Herrera que explodiu no travessão. Em seguida, Oribe Peralta recebeu ótima enfiada de Juan Vásquez na área, mas escorregou na hora da finalização. Com dificuldades para criar, ambas as equipes abusaram da violência e o jogo ficou truncado. A Croácia apostou em cruzamentos para o grandalhão Mandzukic, mas a defesa mexicana e o goleiro Guillhermo Ochoa estavam atentos.

Na segunda etapa, o jogo foi ainda mais disputado, com entradas duras e lances controversos. Aos 18 minutos, Andrés Guardado recebeu na área e chutou forte de esquerda. A bola explodiu na mão de Darijo Srna. Os mexicanos pediram pênalti desesperadamente, mas o árbitro uzbeque Ravshan Irmatov ignorou. O gol da tranquilidade mexicana, no entanto, saiu aos 26 minutos. O experiente zagueiro Rafa Marquez subiu mais alto que a defesa croata e marcou, de cabeça, após escanteio da esquerda. O goleiro Stipe Pletikosa ainda tocou na bola, mas não conseguiu segurar.

A Croácia buscou o empate, e chegou perto em jogada de linha de fundo de Srna, mas cedeu espaços no fim e foi castigada. Aos 33 minutos, Paul Aguilar puxou contra-ataque pela direita e cruzou para Guardado. O meio-campista do Bayer Leverkusen chegou batendo de primeira e ampliou a vantagem mexicana, para festa da torcida e euforia total de seu treinador, Miguel Herrera. O jogo ficou completamente aberto e o México chegou ao terceiro, com Javier Chicharito Hernández, de cabeça, após escanteio de Guardado. Neste momento, o México precisava de apenas um gol para ultrapassar o Brasil, mas a Croácia diminuiu aos 41 minutos. Rakitic deu belo passe para Perisic, que bateu cruzado e finalmente venceu Ochoa. Herói do empate contra o Brasil, o goleiro estava invicto no torneio até então. Nos minutos finais, a equipe europeia perdeu a cabeça: Rebic deu entrada dura em Peña e foi expulso.

Continua após a publicidade
Publicidade