Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Meus dois gols a favor apagaram o contra, comemora Rhodolfo

Rhodolfo não evitou as entrevistas no intervalo, mesmo depois de ter feito gol contra na derrota parcial do São Paulo por 2 a 0 para o Ituano. Mas a mudança de sua expressão na saída do campo no Novelli Junior demonstrava seu alívio. No segundo tempo, com dois gols dele, a equipe venceu por 4 a 2.

‘Meus dois gols apagaram o contra’, comemorou, rindo até das brincadeiras que ouviu já em campo pelos dois tempos distintos. ‘O importante foram os dois gols. Até brincaram comigo falando que eu devia pedir música por ter feito três gols’, contou.

Um dos que fizeram graça foi Emerson Leão, que sempre passou confiança ao jogador que escolhe como capitão quando os ídolos Rogério Ceni e Luis Fabiano não entram em campo. ‘Ninguém espera que um zagueiro faça três gols. E o Rhodolfo fez’, sorriu o treinador.

Para Rhodolfo, foi a oportunidade de evitar críticas. ‘Estou há mais de um ano aqui e nunca tinha feito gol contra. Não foi legal. Ninguém faz gol contra, pênalti ou é expulso porque quer’, argumentou, tentando se isentar de culpa na jogada.

‘O cara passou rápido ali e eu estava olhando para trás, olhando quem eu estava marcando. Foi um lance muito rápido e, infelizmente, pegou na pontinha do meu pé sem querer’, recordou.

A partida, contudo, não terminou só com motivos de alegria para o camisa 4. O jogador reclamou de dores nas costelas e até pediu para ser substituído no fim do jogo, mas Leão não o atendeu para mostrar sua importância à equipe.

‘Não conseguia mais respirar, cai em cima da costela, mas ele me pediu para ficar na sobra. Nestas horas, é necessária superação. Perdi minha folga porque vou tratar amanhã , mas em dois dias já volto a treinar normal e jogar no sábado’, disse Rhodolfo, já se garantindo no confronto contra o Mogi Mirim, na Arena Barueri.