Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Messi vem aí – mas acha que ainda ‘falta algo’ à Argentina

Ele garantiu presença na Copa, mas acha que time não está pronto para o título

Por Da Redação 11 set 2013, 09h04

“Na Copa são sete partidas, e é preciso estar 100%. Não há espaço para errar, porque com um erro você está fora”, lembrou Messi

Eleito o melhor jogador do mundo nos últimos quatro anos, Lionel Messi garantiu presença na terceira Copa do Mundo de sua carreira – depois da Alemanha-2006 e da África do Sul-2010, ele estará no Brasil em 2014. A classificação veio com uma vitória por 5 a 2 sobre o Paraguai, na noite de terça-feira, em Assunção. Depois da partida, o atacante disse que a conquista de mais uma Copa é “um sonho de todos os argentinos”, mas reconheceu que a equipe precisa evoluir até a disputa do torneio, marcado para daqui a nove meses. Com duas participações decepcionantes em Mundiais – marcou apenas um gol em Copas -, Messi sabe que o torneio exige algo mais das equipes e jogadores. Para ele, a Argentina ainda não chegou ao nível necessário para levar o título, ainda que seja um time muito promissor.

Leia também:

Leia também: Neymar reage bem à marcação truculenta; Felipão aprova

“Precisamos continuar vencendo e seguir crescendo. Estamos em um bom caminho”, disse ele depois da conquista da vaga. “Mas na Copa são sete partidas, e é preciso estar 100%. Não há espaço para errar, porque com um erro você está fora. Até aqui, vencemos seleções respeitadas, mas ainda falta algo para sermos campeões do mundo”, reconheceu. A Argentina é, até agora, a única outra seleção sul-americana garantida na Copa do Brasil. Messi acredita que a classificação antecipada reflete o crescimento técnico do grupo desde a chegada do técnico Alejandro Sabella, em 2011. �”A classificação é mérito nosso, por tudo o que fizemos nos últimos tempos. Conseguimos o que queríamos de uma maneira muito segura. Faz tempo que estamos fazendo bem as coisas”, completou o craque de 26 anos.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade