Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Messi revela torcida para Xavi e Iniesta no prêmio ‘Bola de Ouro’

Sant Joan Despí (Barcelona), 18 jul (EFE).- O argentino Lionel Messi mostrou modéstia nesta quarta-feira ao descartar uma nova polarização na briga pelo título de ‘Bola de Ouro’ de melhor jogador da temporada entre ele e o português Cristiano Ronaldo, afirmando que deseja ver Xavi ou Andrés Iniesta levando o prêmio.

O melhor jogador do mundo nos últimos três anos ressaltou a importância dos atletas no Barcelona e na Seleção Espanhola. ‘Os dois merecem, pelo que vêm ganhando, como a última Eurocopa’, disse o craque argentino após o treino realizado pela equipe catalã, pela manhã.

O camisa 10 do Barça comentou a ansiedade da imprensa em definir agora quem vencerá a premiação, que tem seus vencedores anunciados apenas em janeiro. ‘Ainda falta muito tempo’, disse o tranquilo Lionel Messi.

Sobre a votação e a forma de escolha, o argentino disse que pouco conhece, mas que reconhece a importância dos títulos seja com clube ou seleção. ‘Não sei como as pessoas que votam avaliam. Não sei em que se baseiam, mas obviamente, quando se consegue coisas importantes, se tem maior força’, apontou.

Com 82 gols na temporada, 73 deles com o Barcelona, Messi é candidato mais uma vez, contudo, o meia-atacante preferiu desviar o foco para o desempenho do Barcelona na premiação. ‘O que eu gostaria é que o ‘Bola de Ouro’ fique no nosso vestiário um ano mais. Quanto mais gente do Barça for indicada, melhor para nós’.

Apesar de saber que os títulos que disputará até o momento da premiação (Supercopa da Catalunha e Supercopa da Espanha) não são determinantes na conquista do prêmio de melhor do mundo, o argentino já visa uma temporada espetacular, embora admita que conquistar Campeonato Espanhol, Copa da Espanha e Liga dos Campeões, embora admita ‘que cada ano vai ser mais difícil’.

Na última vez que teve período tão longo de férias como nesta temporada, porém, o jogador conquistou os três troféus, em 2008-09. Ainda assim, a reta final dos últimos campeonatos ainda ecoa na cabeça do argentino. ‘Ficou o espinho na garganta de perder para o Chelsea pelo pênalti que perdi, e no Campeonato, tivemos a chance de nos colocar a um ponto e o Real Madrid nos ganhou’, concluiu. EFE

asf/bg

(foto) (vídeo)