Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Messi ressalta carinho da torcida em seu retorno à seleção

Camisa 10 citou conversa com técnico Bauza como um dos motivos para desistir da aposentadoria. Na vitória sobre o Uruguai, Messi teve o pé beijado por fã

Lionel Messi reconsiderou sua ideia de se aposentar da seleção argentina e teve um retorno sonhado ao time nesta quinta-feira. O camisa 10 marcou o gol na vitória por 1 a 0 sobre o Uruguai em Mendoza, que colocou a Argentina na liderança das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

Após o triunfo, Messi esclareceu o que o levou a dizer que não defenderia mais o seu país, além de revelar os motivos que o fizeram mudar de ideia. “Não enganei ninguém. Naquele momento, eu disse que sentia”, contou, referindo-se à derrota para o Chile na disputa por pênaltis da final da Copa América Centenário, em junho.

Leia também:
Messi retorna à seleção argentina
Argentinos vão às ruas no sábado pedir a volta de Messi à seleção
#NoTeVayasLio: argentinos imploram por permanência de Messi

O melhor jogador do mundo agradeceu o carinho da torcida e citou a conversa que teve com o novo técnico da equipe, Edgardo Bauza. “Desde o primeiro momento, a torcida me mostrou um carinho impressionante, o que vem fazendo há muito tempo. Havia sido um golpe muito duro, mais um. Refleti e vi o que é este grupo, a conversa com o Patón (Bauza) e o carinho das pessoas”, ressaltou.

Durante a partida em Mendoza, dois torcedores invadiram o campo para tocar o ídolo. Um deles chegou a beijar os pés de Messi, que respondeu com simpatia. “Me dei conta de que me sinto feliz dentro deste grupo. Fora as finais que perdemos, vínhamos fazendo coisas boas.”

Na decisão da Copa América dos Estados Unidos, Messi perdeu sua cobrança na decisão por pênaltis contra o Chile, que se sagraria campeão. “Esse grupo sempre responde e nos momentos mais complicados sempre está lá. Era importantíssimo começar esta nova etapa ganhando e nos acomodando na tabela”, concluiu o jogador de 29 anos.

Messi, no entanto, disse sentir dores no púbis e virou dúvida para o próximo compromisso da Argentina, líder das Eliminatórias com 14 pontos, diante da Venezuela, na próxima terça-feira, às 20 horas (de Brasília).

Messi fez o gol da vitória em seu retorno à seleção argentina Messi fez o gol da vitória em seu retorno à seleção argentina

Messi fez o gol da vitória em seu retorno à seleção argentina (Marcos Brindicci/Reuters)